Administração de estoques

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1202 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ADMINISTRAÇÃO DE ESTOQUE

Jéssica Bacelar Silva
Prof.ª Roselena Odorizi
Faculdade Metropolitana de Marabá - CEMAR
Administração/Recursos Humanos (REH11)-Metodologia do Trabalho Acadêmico
14/05/10.

RESUMO

Administração de estoque tem como função planejar e controlar, preocupando-se com os problemas quantitativos e financeiros dos materiais, sejam eles matérias-primas, matériasauxiliares, matérias em processo ou produtos acabados.
Cabe a esse setor o controle das disponibilidades e das necessidades totais do processo produtivo, envolvendo não só os almoxarifados de matérias-primas e auxiliares, como também os intermediários e os de produtos acabados. Seu objetivo não é deixar faltar material ao processo de fabricação ou venda, evitando alta imobilização aos recursosfinanceiros.

Palavras-chave: Administração; Estoque; Mercadoria.

1 INTRODUÇÃO

Analisando o conceito de administração de estoque, neste trabalho o objetivo e demonstrar quão importante são o planejamento de estoque para o resultado financeiro de uma empresa, e visualizar seu alto impacto no custo do produto. Dentro das múltiplas atuações do planejamento dos estoques e pelo fato de sua atualconfiguração estar acompanhando os volumes e projeções de vendas e o processo de manufatura, é importante que o sistema seja atualizado constantemente e que tenha flexibilidade para acompanhar as constantes mudanças de mercado.

Fazer com que o produto em estoque esteja constantemente pronto a dar resposta a uma encomenda de um cliente será uma boa definição para gestão de estoques. A sua boagestão passa por satisfazer a exigência, satisfazendo também a componente econômica. (Zermati, 1986, pg. 18)

2 ADMINISTRAÇÃO DE ESTOQUE

2.1 POLÍTICAS DE ESTOQUE
Existem diversas maneiras e métodos de planejar e controlar estoques, alguns muito simples, outros complexos. Cada método tem sua aplicação diferenciada e determinada e que não pode ser utilizadaindistintamente por todo o sistema, ou seja, a quantidade econômica de requisições, lote econômico, lote padrão de requisição, estoque mínimo e estoque de equilíbrio.

2.2 OBJETIVOS DO PLANEJAMENTO DE ESTOQUE

Conforme GARCIA, et al. (1998), o planejamento de estoque é muito útil para as empresas, sejam elas pequenas ou grandes, e o mesmo pode ajudar em muitas questões, que são elas:

• Assegurar osuprimento adequado de matéria-prima, material auxiliar, peças e insumos ao processo de fabricação.

• Manter o estoque o mais baixo possível para atendimento compatível às necessidades vendidas.

• Identificar os itens obsoletos e defeituosos em estoque, para eliminá-los.

• Não permitir condições de falta ou excesso em relação à demanda de venda.

• Prevenir-se contra perda, danos,extravios ou mau uso.

• Manter as quantidades em relação às necessidades e aos registros.

• Fornecer bases concretas para a elaboração de dados ao planejamento de curto, médio e longo prazo, das necessidades de estoques.

• Manter os custos nos níveis mais baixos possíveis, levando em conta os volumes de vendas, prazos, recursos e seu efeito sobre o custo de venda do produto.

2.3 CUSTOS DEESTOQUE

2.3.1 CUSTO DO PEDIDO

O custo está diretamente envolvido com base no volume das requisições que ocorrem no período.

2.3.2 CUSTO DE MANUTENÇÃO

Incorpora despesas de armazenamento, obter volumes, demasiado controle, enormes espaços físicos, sistema de armazenamento e pessoal adequado, equipamento e sistemas de informações, impostos e seguros de incêndio e roubo de materialestocado.

2.3.3 CUSTO DA FALTA DE ESTOQUE

Pode acarretar perda de clientes e denegrir a imagem da empresa perante o mercado.

3 FUNÇÕES

De acordo com GARCIA, et. al. (2006), o estoque se divide em cinco funções principais, que são: estoque de ciclo estoque de segurança, estoque de coordenação, estoque especulativo e estoque em trânsito.

3.1 ESTOQUES DE CICLO
Existe por causa das...
tracking img