Administração de cargos e salarios

ADMINISTRAÇÃO DE CARGOS E SALÁRIOS

MOD I
1. O conceito salarial

Atualmente vivemos e trabalhamos em organizações que são estruturadas de pessoas, por pessoas e para pessoas. O ser humano é o elemento primordial no processo de crescimento organizacional.
Nesse primeiro módulo abordaremos o conceito salarial, como ele é encarado pelo ser humano, quais os tipos de salário, a função agregadaque o salário possui para os colaboradores e qual a visão do salário para as organizações.
As empresas têm o objetivo precípuo de gerar riqueza, essa riqueza é repassada para os seus diversos parceiros, tais como:

* Fornecedores: que oferecem a matéria-prima, a mercadoria, os serviços;
* Investidores: que viabilizam a entrada de recursos financeiros na organização;
*Proprietários: que contribuem com a criação de novos empregos;
* Colaboradores: que contribuem com suas competências e habilidades para o bom andamento dos fluxos e processos na empresa,
* Clientes: que contribuem com as suas críticas e sugestões para o crescimento dos negócios.
* Enfim, todos que direta ou indiretamente interferem no desempenho organizacional.

Segundo afirma Chiavenato (2006,p.294) “o parceiro mais próximo da organização é o empregado, pois boa parte da riqueza gerada pela organização passa aos empregados sob forma de salários, benefícios sociais e demais encargos deles decorrentes”.
Devemos compreender que o colaborador possui os seus objetivos individuais como: melhores salários, melhores benefícios, segurança no trabalho, oportunidades de crescimento, liberdadepara trabalhar, satisfação no trabalho, liderança liberal, orgulho da organização, consideração e respeito, estabilidade no emprego, dentre outros, e que a organização possui os seus objetivos organizacionais, tais como: qualidade no seu produto/serviço fidelidade do cliente, desempenho, crescimento sustentado, sobrevivência, novos mercados e clientes, redução de custos, lucratividade, imagem nomercado, competitividade, etc. O grande desafio é fazer com que os objetivos individuais andem paralelamente aos objetivos organizacionais, isto é, as pessoas precisam vestir a sua própria camisa, e não a camisa da empresa.
Toda empresa precisa construir e formalizar sua missão, ou seja, sua razão de ser, sua visão de negócio, seus valores, sua filosofia, suas políticas, isto é, suas regras e normasinstitucionais. Dentre suas políticas mais importantes temos a política de salários, que tem como objetivo formalizar todo o seu relacionamento com o mercado de trabalho e o colaborador.
Todos os colaboradores fornecem tempo, esforço, competências, habilidades em troca de dinheiro. Conforme Gil (2001, p.27) “o trabalho não é mais o conjunto de tarefas associadas descritivamente ao cargo, mas setorna o prolongamento direto da competência que o indivíduo mobiliza em face de uma situação profissional cada vez mais mutável e complexa”. Em função do mercado extremamente acirrado, os profissionais necessitam cada vez mais unir eficientemente as suas competências e habilidades com o objetivo de aumentar a sua produtividade.
Segundo alguns autores da área de administração de cargos e saláriosconceituam salário de várias maneiras, tais como:

* A medida de valor de uma pessoa: a função de cada colaborador e mensurada para a análise salarial,
* A colocação de uma hierarquia na organização: o colaborador tem uma função e essa função está alocada em determinado nível da pirâmide organizacional.
* O pagamento de em trabalho: dependendo das tarefas e atividades desempenhadaspelo colaborador, o mesmo será ressarcido pelo seu tempo e seu esforço disponibilizado.

Conforme Chiavenato (2004, p. 260)” o salário é uma contraprestação pelo trabalho de uma pessoas na organização, que empenha parte de si mesma, de seu esforço e de sua vida, comprometendo-se a uma atividade cotidiana e a um padrão de desempenho na organização”. Podemos compreender que ocorre em todo...
tracking img