Adm i

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5310 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]









































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3
2 DESENVOLVIMENTO 4
3 EXEMPLOS DE ELEMENTOS DE APOIO AO TEXTO 5
4 CONCLUSÃO 7
REFERÊNCIAS 8
APÊNDICES 9
APÊNDICE A – Instrumento de pesquisa utilizado na coleta de dados 10
ANEXOS 11
ANEXO A – Título doanexo 12
INTRODUÇÃO

Como é de conhecimento de todos a administração se faz necessário em todas as relações, do mundo moderno e globalizado que nos traz varias informações em um curto período de tempo, Assim necessitamos de ter um bom projeto de desenvolvimento para não apenas ser mais um no mercado . Mais para melhorar o futuro, nada melhor que entender o passado. E é esta experiência queiremos ver nos próximos capítulos.
O fenômeno mais importante e abrangente da atualidade sobre o qual muito se tem escrito e debatido, a globalização, envolve inúmeras dimensões, das quais citamos as mais conhecidas : econômica, financeira, tecnológica ,cultura, política , bem como a revolução no mundo das comunicações. . Desses diferentes aspectos, os mais reconhecidos e visíveis são as alteraçõeseconômicas -financeiras não por acaso a temática predominante nos estudo sobre a globalização.
 Nas ultimas décadas, diversas alterações no cenário mundial provocaram e continuam provocando profundas mudanças nos processos de reestruturação gerencial em praticamente todos os setores da atividade humana. Diante deste cenário propõe-se a importância do planejamento estratégico organizacional, comoferramenta auxiliar para um gerenciamento das empresas dentro de um mercado totalmente competitivo, que hora se apresenta. Diante deste cenário o planejamento estratégico surge como uma valiosa “ferramenta” de auxilio a alta administração que permiti a criação de planos previamente determinado de metas e estratégias, diminuindo a possibilidade de uma determinada tomada de decisões equivocadas nummercado completamente competitivo e sem margem para erros. Neste contexto, pode-se evidenciar a importância de uma estratégia que oriente a empresa para alcançar seus objetivos.




DESENVOLVIMENTO

1. REESTRUTURAÇÃO CAPITALISTA E A CRISE DOS ESTADOS NACIONAIS


A partir da década de 80 a classe trabalhadora sentiu um golpe significativo que redesenhou seu perfil. Uma gigantescaimplantação de inovações tecnológicas possibilitou às fábricas uma diminuição considerável nos números de seus quadros de operários. Sofreram mais com tal mudança aqueles operários, homens e mulheres, cuja pouca capacitação os habilitava apenas ao desempenho de trabalhos braçais, trabalhos este que doravante seria atribuído às máquinas. Além disso, nos anos 80 a indústria mundial retraiu-se não maisrepetindo aquele crescimento que a caracterizara nas décadas anteriores. Somando-se estes fatores tivemos como conseqüência imediata o desemprego e frente a isso a instabilidade profissional daqueles que apesar de tudo conseguiram manter seus postos de trabalho, postos estes que agora era almejado por um número cada vez maior de pretendentes.

Esta divisão da classe trabalhadora entre empregados edesempregados minou a histórica unidade que ela possuía, e mesmo no meio daqueles trabalhadores que conseguiram permanecer em seus postos surgiu uma classe privilegiada nos postos de chefia que marcava uma diferença até econômica em relação aos trabalhadores dos cargos subalternos. Estes dois fatores provocaram um enfraquecimento do sindicalismo e subseqüentemente a diminuição da representaçãopolítica das classes trabalhadoras.

Conceitos clássicos como as noções de soberania e hegemonia, associadas ao Estado-Nação como centro e poder, começam a sofrer reformulações. Segundo VIEIRA (1997), as novas forças que operam na atual ordem mundial, dominada pela economia capitalista de cunho neoliberal, reduzem os espaços do Estado-Nação, obrigando à reformulação dos projetos nacionais....
tracking img