Adm patos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1469 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Como as empresas estão em um contexto onde ocorrem muitas mutações torna-se de grande importância investir no seu capital intelectual para obter vantagem competitiva, pois atualmente o maior bem que uma empresa possui não são seus patrimônios mais sim as pessoas que nelas trabalham de forma eficiente e eficaz para o alcance dos objetivos. Para que os funcionáriossintam-se satisfeitos em seu ambiente de trabalho é de suma importância que a empresa invista no setor de RH para que este crie métodos de recompensar os funcionários de forma que estes se sintam motivados e consequentemente sejam mais produtivos, e não tenham a necessidade de migrar para a concorrência, pois a empresa já lhe proporciona os meios para sua realização tanto profissional quanto pessoal.O presente trabalho abordará a função recompensar pessoas com foco em benefícios e serviços mostrando seu contexto histórico a partir do momento que as empresas perceberam a importância do capital intelectual e passaram a investir efetivamente em técnicas que o desenvolvessem. Para a compreensão apresentaremos as suas relações trabalhistas, o que é recompensar, quais são osprincipais benefícios e serviços utilizados atualmente, e sua adequação aos objetivos individuais, sociais, econômicos e tendências da moderna gestão de pessoas.

Os benefícios e serviços são uma remuneração indireta que visa tornar a vida das pessoas mais fácil. Benefícios são regalias e vantagens concedidas pela organização a título de pagamento adicional aos seus colaboradores. Sãofacilidades que poupam, tempo, dinheiro e esforços das pessoas. Os planos de Benefícios surgiram como uma perspectiva paternalista e unilateral para reter pessoas e reduzir a rotatividade e absenteísmo. Hoje fazem parte da competitividade organizacional para obter e manter talentos. Os benefícios podem ser classificados sob diversas maneiras. Quanto a sua exigibilidade legal podem ser legais ouespontâneos. Quanto a sua natureza podem ser monetários. Quanto aos seus objetivos podem ser assistenciais, recreativos e supletivos.







HISTÓRICO DOS BENEFÍCIOS E SERVIÇOS

Para compreendermos o contexto histórico dos benefícios e serviços no contexto nacional precisamos voltar a politica paternalista introduzida no Brasil a partir dos anos 1930, que teve como precursor opresidente Getúlio Vargas que buscou manter o controle sobre os meios de produção por meio de uma forte centralização do poder estatal. Esse controle se deu primeiramente pela forte presença do estado como mentor, financiador e administrador dos principais eixos de desenvolvimento do país.

Os benefícios refletiam num primeiro momento a mão forte do estado, que buscava desenvolver a indústriapara suprir as crises de exportação, principalmente a agroexportadora, com a intensão de que esta ajudasse o país a sair da crise. Entre as primeiras medidas tomadas, esteve a de atrair a mão-de-obra que estava concentrada em sua grande maioria, nas regiões rurais. Tendo agora de suprir as necessidades desses trabalhadores, que passaram a migrar para as grandes cidades e polos, as autoridadescriaram mecanismos que pudessem atendê-los nos aspectos mais básicos. Ainda nesse contexto, passaram a surgir os sindicatos com a finalidade de exigir contratualmente a inclusão de planos de benefícios sociais para os trabalhadores.

O governo se via agora como responsável pela regência dessas novas mudanças. Isto o fez criar leis e impostos para regulamentar o processo de produção eutilização da mão-de-obra, reduzindo a rotatividade e definindo critérios tanto para a concessão quanto para a administração de benefícios e serviços sociais nas empresas.

Outro objetivo era viabilizar a redução de gastos como a dedução tributária, tornando os benefícios algo sob controle da Legislação Trabalhista, como descrito na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), e administração...
tracking img