Adeus ao trabalho?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (872 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
LIVRO: ANTUNES, Ricardo. “Adeus ao trabalho? : ensaio sobre as metamorfoses e a centralidade do trabalho”. – 8. Ed. – São Paulo: Cortez; Campinas, SP: Editora da Universidade Estadual de Campinas,2002.
RESUMO DO TEXTO: TRABALHO E ESTRANHAMENTO (PÁGINAS: 123 – 133).

A história da realização do ser social, muitos já o disseram, objetiva-se através da produção e reprodução da sua existência,ato social que se efetiva pelo trabalho. Este, por sua vez, desenvolve-se pelos laços de cooperação social existentes no processo de produção material.
É por demais conhecida aquela passagem de OCapital, onde Marx diferencia o pior arquiteto da melhor abelha: aquele “obtém um resultado que já no início deste existiu na imaginação do trabalhador, e portanto idealmente. [...]”
Isto resalta acapacidade teleológica do ser social. É no trabalho, entendido como protoforma, como forma originária da atividade humana, “que se pode demonstrar ontologicamente que o estabelecimento de uma finalidade éum momento real da efetiva realidade material (...) qualquer trabalho seria impossível se não fosse precedido de tal colocação, determinando-lhe o processo em todas as suas fases”.
“O trabalho é umato de pôr consciente e, portanto, pressupõe um conhecimento concreto, ainda que jamais perfeito, de determinadas finalidades e de determinados meios”. O que remete a uma dimensão fundamental dasubjetividade do ser, à dimensão teleológica.
Falar em teleologia no processo de trabalho não significa, evidentemente, conceber um teleologismo que afirma o domínio universal do finalismo, uma teleologiadominando a história.
O trabalho gera, “na ontologia do ser social, uma categoria qualitativamente nova em relação às precedentes formas do ser inorgânico. Tal novidade está no fato de que a posiçãoteleológica realiza-se enquanto resultado adequado, idealizado e desejado”.
O trabalho mostra-se como momento fundante de realização do ser social, condição para sua existência; é o ponto de...
tracking img