FORÇA

Diariamente utilizamos a palavra força para expressar nossas ações do dia-a-dia, como chutar forte, bater a porta com força, entre outras situações. Você já parou para pensar qual osignificado físico de força? Essa é uma questão estudada há muitos séculos.
Tem-se relatado que o primeiro a especular a relação entre força e movimento foi Aristóteles (384-344 a.C), estabelecendo que ouniverso possuía quatro elementos: terra, água, ar e fogo, sendo que cada um possuía um lugar próprio, assim tendiam sempre a se moverem ao seu estado de origem. Inicialmente isso explicaria por que oscorpos cuja composição principal é terra caem, pois o lugar próprio da terra é o centro da Terra. Aristóteles acreditava que existiam dois tipos de movimento: o natural e o violento, sendo o naturaldescrito quando um objeto seguia para o local de sua composição predominante, outros casos se enquadravam nos violentos.
De acordo com Aristóteles, para os movimentos violentos a velocidade do corposeria diretamente proporcional à força exercida e inversamente proporcional à massa do objeto, enquanto que para os movimentos naturais a velocidade deveria diretamente proporcional à massa do corpoe inversamente proporcional à resistência do meio. Percebemos então a primeira relação entre força e movimento! Para Aristóteles, qualquer mudança necessita de uma causa, assim, no caso do movimentonatural os corpos buscam seu local natural enquanto no movimento violento seria necessário um agente exercendo uma força.
No entanto, no caso do movimento violento, como o corpo continua em movimentoapós o agente deixar de aplicar uma força, ou seja, deixar de ter contato com o objeto? Com o exemplo do lançamento de uma flecha, Aristóteles tentou explicar que a mesma se movia através de umaforça exercida pelo próprio ar. Mas, como pode o ar atuar como resistente ao movimento e provocá-lo ao mesmo tempo? Essa foi a questão que levou outros pesquisadores a contestarem as teorias de... [continua]

Ler trabalho completo

Citar Este Trabalho

APA

(2013, 03). Adaptação do texto: a evolução das concepções sobre força e movimento. TrabalhosFeitos.com. Retirado 03, 2013, de http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Adapta%C3%A7%C3%A3o-Do-Texto-a-Evolu%C3%A7%C3%A3o-Das/647796.html

MLA

"Adaptação do texto: a evolução das concepções sobre força e movimento" TrabalhosFeitos.com. 03 2013. 2013. 03 2013 <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Adapta%C3%A7%C3%A3o-Do-Texto-a-Evolu%C3%A7%C3%A3o-Das/647796.html>.

MLA 7

"Adaptação do texto: a evolução das concepções sobre força e movimento." TrabalhosFeitos.com. TrabalhosFeitos.com, 03 2013. Web. 03 2013. <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Adapta%C3%A7%C3%A3o-Do-Texto-a-Evolu%C3%A7%C3%A3o-Das/647796.html>.

CHICAGO

"Adaptação do texto: a evolução das concepções sobre força e movimento." TrabalhosFeitos.com. 03, 2013. Acessado 03, 2013. http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Adapta%C3%A7%C3%A3o-Do-Texto-a-Evolu%C3%A7%C3%A3o-Das/647796.html.