Adam smith

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1170 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Adam Smith
Adam Smith e seu tempo
Século XVIII deixamos de ser passivos em relação à natureza - manipulação do ecossistema pelo homem .
Contexto histórico
- expansão colonial europeia – revolução técnica -1870
- aumento da população e meios de produção
- sistema comerciário e bancário
- surgimento de exércitos modernos
- divisão do trabalho
- revolução social pelo conhecimentode novos modos de produção
Testemunha expansão do império, independência dos EUA e Revolução Francesa. Seu mundo se origina na expansão colonial das monarquias, e o consequente conflito de interesses entre dominadores e dominados.
Para a manutenção dos impérios, as taxações cresciam e a insatisfação da burguesia com isso também, transferência para um sistema onde privilégios (cargos) sãocomprados e não mais hereditários,inserção do parlamento que representa os interesses burgueses dentro do Estado.
Ambiente intelectual das Academias, com mecenato monarca(patrocínio),faziam do homem “gentil”, utópico,ressentido contra a religião – desinteresse geral de alunos e mestres,acusados por Smith na riqueza das nações.
Posterior ao mercantilismo que pregava que o país que vence a guerracomercial é o que tem a balança favorável. Smith ,baseado em William Petty,retoma a argumentação do século XVII e diz que a riqueza é a posse de moeda e não mais trabalho.
Indústria na época não passando de artesanato, continente agrícola e pouco urbano. Inglaterra com as medidas absolutistas do período q que caracterizava a passagem do modo de produção feudal para o capitalista, sendo o chamadoperíodo de acumulação primitiva com suas medidas que buscavam não desalinhar interesses nobres e burgueses.
- leis de navegação
-enclosure acts - consequente êxodo rural
-leis dos pobres
-taxas protecionistas
Assegurando a propriedade privada

HISTÓRIA PESSOAL
Chega aos 28 anos em glasgow para lecionar lógica- interessa-se em conhecer melhor a situação da cidade(1751,mercantilista,composto,riqueza baseada nos gastos e na ostentação),visitava as indústrias locais,crio o clube “Glasgow Economic Society”
- Nasceu em Kirkcaldy,filho de funcionários da alfândega,formou-se em Glasgow.
- Foi discípulo de Hutcheson – “O maior bem para o maior número” liberdade religiosa, teoria do valor.
- ficou por um tempo em Oxford
- Volta para Kirkcaldy, um tempo depois vai para Edinburgh ensinarretórica e literatura (1748) que lhe deu a oportunidade de ir à Glasgow em 1751.
- Teoria dos sentimentos morais (1759) - a partir das conferências de Glasgow e escreve o esboço das riquezas das nações.
- Vai a Toulouse começando os estudos para R das N
Tem contato com os fisiocratas, com Voltaire
Recebe pensão vitalícia do Duque de Buccleugh para terminar sua obra – vai a Londres em 1766 edepois à sua cidade e escreve (R. das N) extremamente preparada na época
Morre em 1790 por problemas intestinais
IDEIAS – CONTEXTO INTELECTUAL
- Mercantilismo teve analistas pragmáticos, que concluíam que a riqueza da nação depende de seu comércio exterior – balança comercial favorável.
-Smith conhece os sistemas mercantilista e fisiocrata ( riqueza derivada diretamente da natureza,da mais do quese investe).
- defende o liberalismo econômico, se assemelhando à fisiocracia (aproximando, porém contestando certos pontos) – ordem natural científica e Quesnay elaborou o Tableau Economique que se identificava cada “ator” por sua classe social (produtores,proprietários e indústria), era um retrato da situação e aponta que a indústria é uma classe estéril,enquanto a agricultura gerariqueza.Smith estuda melhor como excedente deriva para a sociedade.
Nos escritos sobre a lei natural e organização do estado civil de Francis Hutcheson,Smith encontra base para desenvolver sua teoria de crença no liberalismo como fruto de “deixar o homem seguir seu caminho e que só se procuram as ações que agradem uma opinião alheia e que representem a autoridade”.
TEORIAS
- divisão do trabalho – maior...
tracking img