Acidentes de trãnsito em patos de minas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5684 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Análise dos Acidentes de Trânsito em Patos de Minas:
Acionamento pericial, causas determinantes dos acidentes e suas relações com o meio

INTRODUÇÃO:

A abordagem sobre os problemas relacionados ao trânsito pode ser feita sobre vários aspectos. Os congestionamentos das vias, a falta de locais de estacionamento, a poluição do meio ambiente, os fatores de ordem psicológica e, sobretudo, osacidentes de tráfego, são alguns dos exemplos, dentre vários outros, que podem ser enumerados.

Comprovadamente o trânsito em várias cidades brasileiras constitui um problema devido às vultosas proporções que a cada dia vem adquirindo, tanto no que diz respeito ao aumento da frota quanto ao crescimento das ocorrências a ela relacionada.

Segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito –Denatran – a frota de veículos no Brasil passou de 29,7 milhões no ano de 2000 para 68,5 milhões em agosto de 2011, um crescimento de 130,6% em onze anos.

Se por um lado o aumento da frota de veículos representa aumento na arrecadação de impostos, maior circulação monetária e retrata uma nova realidade nacional, a da ascensão econômica das classes sociais, o vértice oposto revela um trágico edesafiador índice que o acompanha exponencialmente: o aumento dos acidentes de trânsito e de todas as conseqüências negativas deles oriundas.

Uma pesquisa realizada pelo IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada) entre 2001 e 2003 sobre os impactos sociais e econômicos dos acidentes de trânsito nas aglomerações urbanas revelou que, estimativamente, em 2001 foram gastos 5,3 bilhões de reais comdespesas em função de acidentes de trânsito, englobando nessa pesquisa prejuízos com as perdas de produção dos acidentados, que reflete o que a vítima deixou de produzir no período de recuperação, os gastos com os danos nos veículos, com o atendimento médico-hospitalar, com os processos judiciais e atendimentos diversos nos locais dos sinistros (incluindo guincho, atendimento policial, perícia),além de outras despesas importantes.

Outra pesquisa realizada pelo mesmo instituto nos anos de 2004 e 2005 sobre os custos dos acidentes de trânsito nas rodovias federais revelou que de julho de 2004 a junho do ano seguinte, aproximadamente 6,5 bilhões de reais foram gastos em função do desrespeito às leis de trânsito.

Afora as perdas financeiras mencionadas restam ainda os traumaspsicossociais, como a perda de um ente querido, a desestruturação familiar, além de outros, traumas esses duradouros e irreparáveis.

Por todos esses fatores mencionados a Organização Mundial de Saúde (OMS) propôs em 1.961 que os acidentes de trânsito fossem tratados como caso de saúde pública.

O TRÂNSITO

De acordo com a Lei 9.503/97, Código de Trânsito Brasileiro, o trânsito nada mais é que autilização das vias por pessoas, veículos ou animais para fins de circulação, parada, estacionamento, carga e descarga.
A simplicidade dessa definição esconde a real complexidade do tráfego, o qual é regido pelas leis da física, tais como a cinemática, a dinâmica, a lei da ação e reação e outras, associadas ao comportamento do ser humano, dotado de vontade, ambição, espírito de concorrência, etc.Contudo, o aumento expressivo da quantidade de veículos circulantes aliado ao não crescimento, em proporções iguais ou ideais, das vias (metros quadrados de faixas de tráfego e estacionamento) resulta inevitavelmente num incremento proporcional da possibilidade de interação física entre os usuários do trânsito.

As ruas cada vez mais cheias de veículos e pedestres proporciona um trânsito maislento e motoristas mais nervosos e impacientes. Esses, por suas vezes, ao depararem com vias mais confortáveis e descongestionadas tendem a extrapolarem os limites de velocidade e da falta de cuidados necessários à segurança como um todo, com o objetivo compensatório do tempo e talvez da paciência despendidos em uma situação de trânsito lento que acabou de enfrentar ou que sabidamente virá a...
tracking img