Acesso e consumo de internet banda larga famílias brasileiras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1470 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Um dos temas que merece maior atenção é o que se refere a pobreza e o menosprezo que a sociedade tem pelos pobres. Na análise do curta BMW vermelha podemos entender a realidade da maioria da população brasileira. Este trabalho abordará e destacará as categorias que os agentes sociais construíram ao longo da história para incluir, classificar, atender aos pobres na própria relação com queeles foram estabelecendo.
Em termos de uma definição, no sentido de existência e de ressurreição social, para a prosperidade econômica e a sociedade de consumo, a pobreza é percebida como um eco ou expressão de uma condição degradante.
Pensar o Serviço Social na contemporaneidade nos remete primeiramente a pensar no compromisso com a população, nos limites, nos desafios e, acima de tudo,na busca por novos caminhos norteadores, enfatizando também a verdadeira finalidade da profissão.
1. ANÁLISE DO VIDEO
A necessidade de consumo do ser humano tem aumentado com o tempo. Vários fatores tem influenciado nesta situação, como a mudança de comportamento dos jovens e uma nova cultura inserida na da sociedade: a facilidade de possuir bens supérfluos, como mostra o curta “BMWVermelha” .
Entretanto, a história demonstra que a sociedade, ao adquirir algum grau de desenvolvimento, conhecendo melhor o organismo, suas enfermidades e tratamentos, trata de normatizar a formação dos médicos e disciplinar o exercício da Medicina (SOUZA, 2001, p. 39).
1.1 O curta BMW Vermelho
O curta retrata a história de uma família de baixa renda que mora numa favela, sem nenhumainfraestrutura e ganha um carro importado num concurso. Porém, não conseguem lidar com tal situação, uma vez que, fora da realidade cultural e financeira da família, a vida cotidiana, que já era difícil, fica ainda mais complicada porque a família premiada não sabe dirigir e muito menos dispõe de renda suficiente para mantê-la.
O curta também narra os impactos causados pela chegada de umaBMW vermelho "novinha em folha" em uma comunidade pobre, o que causa um grande alvoroço em toda a vizinhança, formando fila entre as pessoas que ansiosamente disputam alguns minutos dentro do carro para apreciá-lo, ainda que este não saia do lugar.
Ao mesmo tempo cômico e trágico, retrata bem a realidade de pessoas de classe baixa quando ganham prêmios fora da sua realidade, como um carroimportado e não sabem como lidar com a nova situação que não se encaixa nas circunstâncias e no contexto daquela família, mostrando a contradição da sociedade.
Um automóvel de último tipo, tecnologia de ponta na área de veículos automotores, fonte de cobiça e desejo por parte de grandes personagens da mídia e das classes mais privilegiadas, no entanto para a família em questão, devido àscircunstancias econômicas, com o passar do tempo, a única serventia da BMW é que a família passa a morar dentro do carro. Ele ilustra muito bem a maneira com que as pessoas adaptam à suas realidades usando o que possuem naquilo que é possível e necessário para suas sobrevivências.
1.2 QUESTÃO SOCIAL
A Questão Social insere-se no contexto do empobrecimento da classe trabalhadora brasileira,advindo do desenvolvimento do capitalismo desde o inicio do século 19. E, também a partir desse período, iniciou-se o quadro de lutas pelo reconhecimento dos direitos sociais e das políticas públicas sociais com o objetivo de diminuir as desigualdades e o abismo que existe entre as classes, mas, historicamente, os direitos econômicos e sociais foram e, de certa forma, continuam sendoaqueles que dificilmente virão a ser reconhecidos. Mesmo com muitos movimentos sociais, não há como negar que muito já foi feito, porém não o suficiente para que tal desigualdade acabasse.
Devido a isso, torna-se importante lembrados direitos fundamentais garantidos em nossa Constituição, mais precisamente no artigo 5º:.
“ [...]Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de...
tracking img