Acesso e consumo de internet banda larga das familias brasileiras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1144 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Acesso e consumo de internet banda larga das familias brasileiras

A sociedade contemporânea, em constante desenvolvimento digital, inclusive a brasileira, está cada vez mais optando pelo acesso a internet, pelo modo “móvel”, ou seja, pela conexão banda larga, tanto pela sua praticidade como pela globalização e o aumento contínuo do uso das mídias sociais.
O advento dos sites debuscas, como o Google que é o mais acessado, tornou a vida cotidiana do povo brasileiro mais útil, pois uniu com seu mecanismo de interação, trabalho, cultura, informação e lazer. Hoje em dia, pode-se fazer quase de tudo, tendo a internet em seu lar, ou acessando de qualquer lugar que se esteja como efetuar comprar, programar viagens, completar os estudos e até encontrar um parceiro, pelos sites derelacionamentos. A classe média do nosso país, está mudando, e isso como consequência do seu poder aquisitivo, que alavancou nesses últimos anos, ela emergiu de uma plataforma social quase sem valor, e passou a ter mais valor e atenção, consome mais, viaja mais, acessa mais, mudando com isso o quadro mercadológico da inclusão social, pois diminuiu o uso de “lan houses”, fazendo que os estudossociais focassem sua pesquisa nesta mudança de costumes. Os meios de comunicação que antes eram os meios utilizados, como a televisão, o telefone fixo e até o celular, estão perdendo o seu espaço para os computadores, por consequência da fácil aquisição do mesmo.
O crescimento atual da internet, influenciou e muito para a migração de um grupo social, para outro, que por sua vez, se viu nanecessidade de interagir com seu “novo meio social”, por assim dizer, desmitificando também a ideia de que em nosso país, pois existe gente sem cultura e instrução, forçando que se veja essa “cultura digital” com outros olhos, consequentemente valorizando a nova classe médica social. Caso esse ritmo seja mantido será superada a previsão de dois bilhões de usuários, feita originalmente para 2015, pororganizações que monitoram o desenvolvimento da web. Como há um processo de convergência não vai demorar muito para que as duas tecnologias sejam interligadas nos dias de hoje, a internet ganhou muita importância na vida dos brasileiros em todos os sentidos, usamos a internet de várias maneiras e não podemos negar que a vida mudou depois de tantos avanços tecnológicos. Nosso crescimento em qualidadede vida que ganhamos, mas ao mesmo tempo temos nossa privacidade muitas vezes invadida devido as redes sociais das quais queremos fazer parte, mas devido a falta de informação deixamos como arma para pessoas mal intencionadas. Após identificar a classe sócia, a que o indivíduo pertence, ele busca se incluir nela o pretexto de não se isolar e de fazer parte de algum meio de convívio, por certo quea chamada “elite”, não aceitava a média, por inúmeros motivos, sendo o principal era de que ela não interagia com a sua, por não ter domínio de ferramentas “virtuais” a “classe alta” ignorava a média e com isso está mudando e novos estudos serão feitos.
Acredito que a tendência é de que a classe média cresça cada vez mais, melhore o seu status, a sua qualidade de vida e se torne maisprodutiva, acompanhando o crescente mercado da internet e esse ciclo promete continuar. Que a nossa sociedade moderna não deixe de entender, que apesar do desenvolvimento social que aconteceu rapidamente, isso não diz que se deve consumir mais, como pretexto de mostrar condição social, e sim de crescer culturalmente e socialmente, para que todos nós brasileiros, ganhem com isso.
O século 19 foi umaépoca onde a maior busca, o que mais valia para o ser humano, era o crescimento espiritual, a compreensão do mundo e das ideias. Já o século 20 foi um século marcado pelo “capital”, onde a busca maior era o “bem material”. Porém, as transformações, no modo de vida ocorridos principalmente no final do século, resultadas de nova economia “tecnológica” já estão transformando a prioridade num...
tracking img