Acessibilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1883 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ACESSIBILIDADE: ANÁLISE SOCIAL E ECONÔMICA

Carlenice Maciel
Francisca Simone
Leidy Angélica
Mônica da Mota
Salatiel
Wendell Bruno

RESUMO

Este artigo aborda o tema da acessibilidade na cidade de Petrolina/PE, verificando a situação que uma pessoa portadora de deficiência ou com mobilidade reduzida se encontra ao fazer uso desse meio de transporte. Buscando conhecer o nível dequalidade dos transportes públicos da cidade. Analisando as prestações de serviços das empresas de ônibus para essa massa da população.

Palavras-chaves: Acessibilidade. Petrolina. Mobilidade reduzida. Nível de qualidade.

1. INTRODUÇÃO

A discussão sobre acessibilidade surgiu nos EUA logo após a II Guerra Mundial e a Guerra do Vietnã com o retorno dos soldados mutilados pela guerra, e no Brasilsurgiu em 1994 onde foi vista a necessidade de implementar o espaço de acesso das vias públicas e privadas para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.
O conceito de acessibilidade consiste em pessoas que tem um ou mais problemas de funcionamento ou falta de parte anatômica, causando dificuldade de locomoção, percepção, pensamento ou relação social, caracterizando os tipos de deficiênciasmotoras, visuais, auditivas e mentais.

Para o transporte coletivo o posicionamento dos pontos de para tem grande flexibilidade. Sua localização pode ser alterada em decorrência de vários fatores, como das condições de trânsito, conveniências dos usuários, uso e ocupação do imóvel mais próximo, etc. Quanto menor for à distância de caminhada, no início e no final da viagem, maior será aacessibilidade e menor será o esforço despendido para a realização da viagem. Os sistemas de ônibus mais acessíveis produzem atitudes de concordância com relação ao sistema (Paiva, 2010).

O objetivo é incluir as pessoas portadores de deficiência e mobilidade reduzida a uma vida em sociedade, tendo acesso a espaços urbanos, nos edifícios e residências e nos meios de transporte coletivo, tem como objetivosespecíficos identificar os programas já existente que atinge esse público especifico, conhecer a demanda dos portadores de deficiência e mobilidade reduzida ao transporte coletivo, e criar um projeto que venha beneficiar e de melhorar a mobilidade dos portadores na cidade. O interesse para elaboração da pesquisa surgiu da observação da complexidade das vias urbanas e o acesso ao transportepublico coletivo por pessoas portadores de deficiência ou mobilidade reduzida.
Visando ainda, a implantação de piso tátil de alerta e rampas de rebaixamento para padronização das calçadas no centro comercial da cidade, instalação de tabela em braille com descriminação de horários das linhas de ônibus para os deficientes visuais e implantação de linha de transporte coletivo com elevador paracadeirantes.
Com o interesse de abranger toda a Petrolina, iniciando no centro da cidade e expandido para os bairros circunvizinhos. Com isso, melhorando o padrão de vida das pessoas e diminuindo a desigualdade, assim todos tendo o direito de ir e vir.

2. ACESSIBILIDADE

Acessibilidade são as condições e possibilidades de alcance para utilização, com segurança e autonomia, de edificações públicas,privadas e particulares, seus espaços, mobiliários e equipamentos urbanos, proporcionando a maior independência possível e dando ao cidadão deficiente ou àqueles com dificuldade de locomoção, o direito de ir e vir a todos os lugares que necessitar, seja no trabalho, estudo ou lazer, o que ajudará e levará à reinclusão na sociedade.
As primeiras discussões sobre o tema surgiram nos Estados Unidos,em 1973, com a criação da Lei de Reabilitação. Essa lei deu início às adaptações em escolas e locais de trabalho. Diante da Segunda Guerra Mundial e final da Guerra do Vietnã, muitos soldados que voltavam como heróis de guerra, estavam mutilados ou com outras sequelas físicas e necessitavam de um ambiente que os recebessem de forma adequada para o processo de re-inclusão social.
Em 1980 as...
tracking img