Acaso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1501 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Até o início do século XX, a mulher sofreu muito em nome dos padrões estéticos. Os espartilhos, usados por mais de quatrocentos anos para afinar a cintura eram desconfortáveis e causavam problemas à saúde. O sutiã, ao contrário da função que exerce hoje, deixar o corpo da mulher mais bonito e sexy, era usado para achatar os seios e empurrá-los para baixo.
Na década de 60, as feministasqueimaram sutiãs em praça pública para expressar a necessidade de mudança do papel da mulher na sociedade, iniciando o período em que prevalecia a imagem da mulher masculinizada, necessária para a entrada no mercado de trabalho. As roupas que a tornavam invisível sexualmente, acentuando, em vez disso, a sua competência profissional, dominaram os anos 80. Mas, nesta mesma época, com o inicio do culto aocorpo e a influência da cantora Madonna, que recriou a moda-fetiche usando em seus shows roupas altamente sensuais, iniciava-se um movimento de modificação da relação feminina com a lingerie. A mulher ideal deveria ter êxito profissional e pessoal, ter o corpo bonito, mas não poderia deixar de lado a sensualidade e o erotismo. E é esta a idéia que prevalece no século XXI, as mulheres progrediramsocialmente e profissionalmente, tornaram-se cada vez mais independentes e respeitadas, e de símbolo da opressão feminina, o sutiã tornou-se item indispensável para a sedução e beleza
A personagem de Claudia Raia na novela “Belíssima” da Globo usa sempre o sutiã como item de destaque no figurino. Como a novela no Brasil reflete e influencia mudanças de comportamento e as lingeries estão cada vezmais bonitas, pode-se prever que esta peça do vestuário dará mais um passo na evolução da sua história na moda nacional.
Segundo Freud, a relação do erotismo com as roupas íntimas nada mais é do que o fetiche, ou feitiço. Isso acontece quando a satisfação pessoal se dá através de objetos ou ornamentos. O cinema e as revistas também ajudaram a criar um clima de sedução e fantasia, despindo as musasde suas roupas e deixando-as apenas com suas roupas de baixo, cada vez mais bonitas e elaboradas.
Desde o tempo das vestes longas, usadas até pouco depois da Idade Média, passando pela ostentação dos séculos 17 e 18, quando era usado um verdadeiro arsenal de acessórios por baixo das grandes saias femininas, até o início do século 20, a mulher sofreu horrores em nome da beleza e da satisfaçãomasculina.
Os espartilhos, usados por mais de quatro séculos, causava sérios problemas à saúde, além do desconforto e da obrigação de ostentar uma "cinturinha de vespa". Os seios, foco da atenção por muito tempo, eram forçados para cima através dos cordões apertadíssimos dos espartilhos. Também as calcinhas, como são atualmente, passaram por drásticas mudanças. No século 19, eram usadas ceroulas, queiam até abaixo dos joelhos. O surgimento da lycra e do nylon permitiu uma série de inovações em sua confecção, que possibilitou até a criação de um modelo curioso nos anos 90: uma calcinha com bumbum falso, que contém um enchimento de espuma de nylon de vários tamanhos e modelagens.
À lingerie está relacionado, por excelência, o soutien. A sua origem é um pouco conturbada. Há quem afirme quenasceu na América do Norte, outros em Roma e, outros ainda, declaram que o primeiro local onde se usou soutien foi em França. Face a tamanhas dúvidas, o que importa realçar é que o soutien e o popular espartilho surgiram para cobrir o corpo, devido ao atentado ao pecado e ao pudor do acto sexual proclamado pela Igreja. Coberto o corpo, achava-se que as mulheres não corriam qualquer "risco".
O brotarda Renascimento faria com que se realçasse as formas humanas e os seus contornos, escondidos durante tanto tempo. A imagem do pecado e de Deus era deixada um pouco à margem, em prol do enaltecimento cultural e do indivíduo em si mesmo. Assim, o cuidado com as roupas começou a ser maior e mais detalhado.
Ao pensar no desenvolvimento da indústria de lingerie, temos que remontar a períodos muito...
tracking img