Acao-cultural-para-a-liberdade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 215 (53635 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
AÇÃO CULTURAL PARA A LIBERDADE
e outros escritos

Coleção: O MUNDO, HOJE Vol. 10

Ficha Catalográfica (Preparada pelo Centro de Catalogação- na-fonte do SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ)

F934a

Freire, Paulo Ação cultural para a liberdade. 5ª ed., Rio de Janeiro, Paz e Terra. 1981. 149 p. 21cm (O Mundo, Hoje, v. 10) Bibliografia 1. Alfabetização. 2. Educação de adultos.3. Educação de adultos – Teoria, métodos etc. I. Títulos. Il. Série. CDD – 374 374.02 379.24 CDU – 371.3:374.7+376.76

76- 0068

EDITORA PAZ E TERRA Conselho Editorial: Antonio Candido Celso Furtado Fernando Gasparian Fernando Henrique Cardoso

Paulo Freire

AÇÃO CULTURAL PARA A LIBERDADE
E OUTROS ESCRITOS

5ª Edição

Paz e Terra

Copyright © Paulo Freire

Capa e digramação:Sheila Santos

Direitos adquiridos pela EDITORA PAZ E TERRA S.A. Rua André Cavalcanti, 86 Fátima – Rio de Janeiro, RJ Tel.: 244- 0448 Rua Carijós, 128 Lapa – São Paulo, SP Tel.: 263- 9539

1981 ________________ Impresso no Brasil Printed in Brazil

Sumário

7 8

Breve explicação Considerações em torno do ato de estudar

11 A alfabetização de adultos – crítica de sua visão ingênuacompreensão de sua visão crítica 20 Os camponenes e seus textos de leitura 26 Ação cultural e reforma agrária 31 O papel do trabalhador social no processo de mudança 35 Ação cultural para a libertação 35 I parte: O processo de alfabetização de adultos como ação cultural para a libertação 53 II parte: Ação cultural e conscientização 71 O processo de alfabetização política – uma introdução 78 Algumas notassobre humanização e suas implicações pedagógicas 95 O papel educativo das Igrejas na América Latina 104 Prefácio à edição argentina de A black theology of liberation de James Cone 107 Conscientização e libertação: uma conversa com Paulo Freire 116 Algumas notas sobre conscientização

Breve explicação

Depois de um longo período de hesitação, resolvi, afinal, juntar neste volume alguns dostextos que escrevi entre 1968 e 1974. Textos entre os quais somente uns poucos têm sido mais amplamente divulgados, sobretudo em inglês e espanhol. Tendo sido, com raras exceções, preparados para seminários, a intenção básica ao redigi- los era a de provocar uma discussão em cujo processo se aprofundasse a análise de alguns de seus aspectos principais. Juntamente com Extensão ou Comunicação,publicado no Brasil em 1970, por Paz e Terra , alguns deles talvez aclarem certos possíveis vazios entre Educação como Prática da Liberdade e Pedagogia do Oprimido. Pretendendo preservá-los como os escrevi, não me furtei, contudo, a alterar um ou outro, na forma como no conteúdo. Espero, finalmente, que o fato de estar constantemente voltando a certos núcleos temáticos, não só em trabalhos diferentes, mastambém num mesmo texto, não chegue a cansar demasiado o leitor. Esta é, em última análise, a minha maneira de escrever sobre o que penso e de pensar sobre o que faço.

PAULO FREIRE Genebra Outono de 1975.

Considerações em torno do ato de estudar1
Toda bibliografia deve refletir uma intenção fundamental de quem a elabora: a de atender ou a de despertar o desejo de aprofundar conhecimentosnaqueles ou naquelas a quem é proposta. Se falta, nos que a recebem, o ânimo de usá- la, ou se a bibliografia, em si mesma, não é capaz de desafiá- los, se frustra, então, a intenção fundamental referida. A bibliografia se torna um papel inútil, entre outros, perdido nas gavetas das escrivaninhas. Esta intenção fundamental de quem faz a bibliografia lhe exige um triplo respeito: a quem ela sedirige, aos autores citados e a si mesmos. Uma relação bibliográfica não pode ser uma simples cópia de títulos, feita ao acaso, ou por ouvir dizer. Quem a sugere deve saber o que está sugerindo e por que o faz. Quem a recebe, por sua vez, deve ter nela, não uma prescrição dogmática de leituras, mas um desafio. Desafio que se fará mais concreto na medida em que comece a estudar os livros citados e não...
tracking img