Absorção de agua e ions

Absorção de água e íons

Epitélio transportador do intestino

O epitélio intestinal apresenta células assimétricas, mantidas coesas em monocamadas.
As células desse epitélio apresentamdiferenças estruturais e funcionais entre suas membranas luminais (ML) e basolaterais (MBL). Essas diferenças se referem principalmente a distribuição dos canais iônicos, proteínas transportadoras(carregadores) e bombas moleculares associadas às bicamadas lipídicas. Desta forma ocorre uma assimetria entre as permeabilidades das duas membranas (ML e MBL).
Quando se estuda o transporte trans-epitelialdeve-se considerar duas vias possíveis: a transcelular (através das duas membranas, ML e MBL) e a inter- ou paracelular (através das "tight-junctions" ou espaços intercelulares).
Uma característicacomum aos epitélios transportadores é a localização da Na/K/ATPase na MBL.
O epitélio intestinal apresenta um gradiente decrescente na permeabilidade passiva a íons do duodeno ao reto. A viaparacelular é imensamente responsável por essa diminuição na permeabilidade. A via paracelular exibe permeabilidade seletiva aos diferentes íons: PK > PNa >> PCl.

Intestino Delgado

O NaCl da luzintestinal provem das secreções digestivas (aproximadamente 30g por dia) e da dieta (4 a 5 g por dia). É extensivamente absorvido ao longo do intestino, predominantemente no duodeno e jejuno, e em menorescala, no íleo e cólon. Do que chega ao cólon 90% é reabsorvido. Sua absorção é regulada por corticóides que têm pouco efeito no delgado e maior efeito sobre o cólon.
No delgado a absorção de sódioocorre por vários processos, muitos deles independentes da absorção de cloreto. A absorção do sódio ocorre em duas etapas: transporte pela ML e depois pela MBL.
Os modelos descritos para o transportede Na pela ML no delgado são:

Cotransporte de Na+/Cl-.
Cotransporte paralelo: Na+/H-, Cl-/HCO3- ou Cl-/OH-.
Cotransporte Na+/substratos orgânicos.
Cotransporte Na+/ânions inorgânicos...