Absolutismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (644 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de março de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
Absolutismo 
Absolutismo é uma teoria política que defende que alguém (em geral, ummonarca) deve ter o poder absoluto, isto é, independente de outro órgão. É uma organização política na qual osoberano concentrava todos os poderes do estado em suas mãos. Os teóricos de relevo associados ao absolutismo incluem autores como Maquiavel, Jean Bodin, Jaime VI da Escócia e I deInglaterra, Bossuet e Thomas Hobbes. Esta ideia tem sido algumas vezes confundida com a doutrina do "Direito Divino dos Reis", que defende que a autoridade do governante emana diretamente de Deus, e que não podem ser depostos anão ser por Deus, defendido por alguns absolutistas como Jean Bodin, Jaime I e Jacques Bossuet.
A Monarquia Absolutista nasce com Luís XIV de França, conhecido como "Rei-Sol", logo após a morte doseu primeiro-ministro, em 9 de Março de 1661, oCardeal Mazarino. E que, nessa altura, terá se voltado para o seu chanceler e declarado solenemente:
“Senhor, eu lhe pedi que se reunisse com meusministros e secretários de Estado para dizer que até agora eu deixei o falecido senhor cardeal conduzir os assuntos de Estado; já é hora que eu próprio governe. Vocês me auxiliarão com seus conselhos, quandoeu lhes pedir.”
Em seguida, proibiu os ministros de expedir qualquer coisa sem sua ordem
Teorias do absolutismo
Durante os séculos XVI e XVII, diversos pensadores buscaram justificar o poder absolutodos monarcas. A principal obra deNicolau Maquiavel, 'O príncipe', escrita para responder a um questionamento a respeito da origem e da manutenção do poder, influenciou os monarcas europeus, que autilizaram para a defesa do absolutismo.6 Maquiavel defendia o Estado como um fim em si mesmo, afirmando que os soberanos poderiam utilizar-se de todos os meios - considerados lícitos ou não - quegarantissem a conquista e a continuidade do seu poder. As ações do Estado são regidas, sobretudo, pela racionalidade.3
Jean Bodin, sua obra foi 'Os seis livros da República', associava o Estado à...
tracking img