abrasivos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5725 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de agosto de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
ABRASIVOS

• Até século XIX
Abrasivos naturais – esmeril, mineral de cor preta, constituído de 40%
óxido de ferro e 60% de óxido de alumínio.
Dureza inferior a 9 Mohs (diamante = 10 Mohs)


Século XX
Abrasivos artificiais, de alta dureza: abrasivos silicosos e aluminosos.



Abrasivos silicosos
Constituído de carboneto de silício, feitos em fornos elétricos, com 9,6
Mohs dedureza. Recomendado para metais de fraca resistência a
tração (ferro fundido, latão, cobre, alumínio e materiais não metálicos).



Abrasivos aluminosos
Obtidos pela fusão da bauxita (minério de óxido de alumínio, silício e
ferro) em fornos elétricos, obtendo dureza de 9,4 Mohs. Recomendado
para metais mais resistentes a tração, como o aço e o bronze
fosforoso.
Obs: Carborundum e Norton –empresas atualmente pertencentes ao
grupo Saint-Gobain.



Escolha do abrasivo – propriedades físicas do material a usinar
Rebolos de óxido de alumínio:
Materiais de alta resistência à tração – aço carbono, aço liga, aço
rápido, ferro maleável recozido, ferro batido, bronzes, tenazes.
Rebolos de carboneto de silício:
Materiais de baixa resistência à tração – ferro fundido cinzento, ferrofundido em coquilhas (molde metálico de fundição), latão, bronze
macio, alumínio, cobre, ligas muito duras, carbonetos cimentados e
materiais não metálicos (mármores, pedras, borracha e couro).

AT411 Processos de corte em madeiras A

AGENTES AGLUTINANTES – LIG AS
A S E L EÇ ÃO D O T I P O D E L IG A D E P EN D E DO M AT E RI A L A S ER R ET IF IC A DO , D O
T IPO D E O P E R AÇ ÃO E D AP R EC I S ÃO R EQ UE RI D A.

• LIG AS RESINÓIDES
São ligas que se caracterizam por conferirem às ferramentas abrasivas
uma elevada resistência e resiliência (resistência ao impacto), pois uma
vez polimerizada a liga resinóide, se converte em aglomerante de alta
resistência.
Desta forma, as ferramentas abrasivas fabricadas com este tipo de liga
podem operar normalmente com velocidadeperiférica de até 48 m/s,
podendo chegar a 100 m/s, dependendo da aplicação e do tipo da
construção da liga.
São empregadas em operações de corte, severas de desbaste, de
precisão como abertura de canais em ferramentas de corte (brocas,
fresas, machos, etc)
• LIG AS VITRIFICADAS
Este tipo de liga é constituída de materiais naturais como argila,
quartzo e feldspato, e após combinadasquimicamente, e submetidas a
temperaturas de até 1200°C, formam uma estrutura vitrificada de
extrema rigidez, porém frágil a impactos e grandes pressões de
trabalho.
Possui a característica de friabilidade no corte (menor queima da peçaobra) e manutenção de seu perfil de corte por mais tempo que as
ferramentas com ligas resinóides, sendo mais indicada para operações de
precisão como as de acabamento,afiação de ferramentas, retificação de
eixos comando, virabrequins e retificação de peças com perfis complexos.
P ADRÕES GRANULOMÉTRICOS
C AM I .... A S SO C I AÇ ÃO DO S F A BR IC A NT E S D E A B RA S I VO S R E V E ST ID O S , LIX A S
( U SA ) ;
FE P A .... FE D ER A ÇÃ O E URO P ÉI A DO S F A B RI CA NT E S D E P RO D UT O S A B RA S I VO S;
JI S ........ SI ST E M A I ND U ST RI A L JA PO N Ê S;
M ICR A .. MI CRO N S.

AT411 Processos de corte em madeiras A

ABRASIVO

REBOLO
T AM AN H O

TIPO
M AT E R I AL

CÓDIGO
LETRA

DUREZA
2
daN/mm

P AD R Ã O

ÓXIDO
N AT U R A L D E
ALUMÍNIO

A

2200

MESH

CARBONETO
DE SILÍCIO

C

2480

MESH

NITRITO DE
BORO
CÚBICO

B

4700

DIN

D I AM A N T E
SINTÉTICO

D

7000

DIN ou
FEPATEXTURA OU
CONCENTRAÇÃO

AG E NT E
AG LUT I N ANT E

US O

D a S
macio duro

0
a
12
fechada aberta

Cerâmica V
Resina Art. B

Aço até
HSS

D a S
macio duro

0
a
12
fechada aberta

Cerâmica V
Resina Art. B

Aço até
HSS

D7 a D220
fino grosso

Auto afiante

V120 a V180
12%
18%

Resina seco KSS
Resina úmida KSS-Y
G a l vâ n i c a G S S
Metal...
tracking img