Aborto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (351 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Direito e Legislação

1 – O direito ao aborto deve ser concedido a gestante, independente da situação do feto, porém no caso de anencefalia, o direito ao aborto deve sim ser permitido a gestante,pois muitas mães não possuem condições de sustentar filhos em estado normal de gestação e em casos onde ocorrem a malformação do feto essa situação se torna ainda mais problemática para os pais nofuturo, dando maiores problemas para a criação e formação da criança até a idade adulta, onde ainda não dispensa os cuidados de uma outra pessoa em variadas situações.

2 – Não estamos na contramão,pois todos tem o direito a vida, porém do que adianta ter esse direito se não puder ser usufruida ao máximo, aproveitada como pessoas normais tem a possibilidade. Em caso de anencefalia, com amalformação do feto com o seu desenvolvimento ele se tornará uma pessoa deficiente em algum aspecto, o que não possibilitará que aproveite o seu direito de viver, apenas vivendo cada dia de uma forma totalmentediferente das pessoas de boa saúde. Não basta só o direito a vida, mas também o direito de aproveitá-la.

3 – O aborto é um tema muito discutido atualmente, porém acredito que não é de competência dogoverno decidir o que se fazer e o que não fazer. Esse procedimento, deveria e somente deveria ser de opção da gestante, pois atualmente com tantas crianças engravidando por falta de informação e atémesmo por irresponsabilidade e sem a menor condição física, psicológica e financeira para sustentar uma criança, devem com o auxílio de seus responsáveis, ou seja, seus pais, terem o direito a nãoterem essa criança e sim deixarem para quando tiverem idade matura para tomar essa decisão.
Atualmente toda “criança” com idade entre 9 e 12 anos já fez ou tem curiosidade em como o sexo, como éfazer sexo e com essa idéia que já se torna um assunto tratado pela sociedade de forma normal, o direito ao aborto deve ser discutido somente com os responsáveis e não é de competência do governo...
tracking img