Abordagem familiar na esquizofrenia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1450 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Abordagem familiar em esquizofrenia
 
Marcia Scazufca
Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP, LIM-23
[pic]
 
 
Neste artigo são discutidas algumas estratégias de intervenção psicossocial para famílias de indivíduos com esquizofrenia. Tais intervenções têm dois objetivos principais: reduzir ou prevenir os sintomas da esquizofrenia e melhorar a qualidade de vida de todaa família. Procura-se colaborar para que o paciente tenha o mínimo possível de incapacidades associadas à esquizofrenia e para que seus familiares possam compreender e lidar melhor com os problemas relacionados à doença do parente, bem como com as emoções resultantes desse contato.
As intervenções psicossociais com familiares de indivíduos com esquizofrenia se desenvolveram a partir de estudosque mostraram que a presença de um membro com esquizofrenia na família está relacionada à sobrecarga em diversos aspectos da vida da família e seus membros, como os relacionamentos, lazer, saúde física e mental. Também foram importantes estudos que mostraram que o clima afetivo familiar crítico, hostil e de alto envolvimento emocional pode afetar negativamente o curso da doença.1,2 Maisrecentemente, observou-se que quanto maior o sentimento de sobrecarga relatado pelos familiares, maiores as chances dos mesmos serem críticos, hostis e muito envolvidos emocionalmente com o membro doente.3
As intervenções psicossociais se baseiam em alguns pressupostos sobre a etiologia da esquizofrenia e sobre o papel dos familiares em relação ao início e desenvolvimento da doença.4 Assim, a esquizofrenia évista como uma doença que pode se manifestar em indivíduos biologicamente vulneráveis, nos quais um ambiente afetivo familiar pode colaborar para o início da doença ou para recaídas. No entanto, a família não é responsável ou culpada pela ocorrência da doença. Procura-se, ao contrário, reconhecer as dificuldades que a família passa a ter com a presença de um membro com grave incapacitação mental.Outra característica das intervenções familiares psicossociais é a ênfase no trabalho colaborativo entre familiares e profissionais, compartilhando, por exemplo, informações sobre a doença ou discutindo conjuntamente os objetivos e tarefas durante o tratamento. As intervenções psicossociais são parte do tratamento do familiar com esquizofrenia e devem ser planejadas conjuntamente com o tratamentomedicamentoso e outros atendimentos clínicos específicos. Katsching & Konieczna5 nomearam estas intervenções como "trabalho com familiares", pois suas estratégias apresentam características da terapia familiar (quando, por exemplo, procuram modificar atitudes e comportamentos críticos ou hostis dos familiares em relação aos pacientes) e características dos grupos de auto-ajuda (quando, porexemplo, é oferecida ajuda prática aos familiares para que eles lidem melhor com os problemas diários que envolvem os pacientes). Há características também dos grupos de auto-ajuda, quando, por exemplo, é oferecida ajuda prática aos familiares para que eles lidem melhor com os problemas diários que envolvem o paciente.
As principais características dos programas de intervenção que têm mostrado sucessoincluem: elementos de educação sobre a esquizofrenia; atitude positiva dos terapeutas em relação à família; foco da intervenção nos problemas atuais da família (procurando auxiliá-la a negociar soluções ou adotar novas formas para lidar com os problemas); e reconhecimento junto à família da importância da medicação no tratamento.6 Podem ser utilizadas várias estratégias de intervenção, comocomponentes psicoeducacionais, uso de técnicas cognitivo-comportamentais, técnicas de resolução de problemas que visam a redução das tensões na família e aprimoramento das estratégias para lidar com situações difíceis.7-11
Kuipers et al4 escreveram um guia prático para o trabalho com familiares de pessoas com esquizofrenia que sugere como abordar os problemas práticos e algumas questões emocionais...
tracking img