ação de indenização contra má prestação dos serviços de telefonia

EXCELÊNTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DA COMARCA DE MATINHOS – ESTADO DO PARANÁ




JUSTIÇA GRATUITA
CONTRA-FÉ





xxxxx, brasileira, casada, do lar, portadora dacédula de identidade RG. xxxxxSSP/PR, e CPF xxxx, residente e domiciliada na Rua xxxx, s/n, Ipanema, Pontal do Paraná, Estado do Paraná, vem, por intermédio de seus advogados ut instrumentoprocuratório acostado, mui respeitosamente perante Vossa Excelência, sob a orientação do Artigo 275 do CPC, ajuizar a presente,

AÇÃO INDENIZATÓRIA C/C REPETIÇÃO DE INDÉBITO

Em face de:

TIM CELULAR S.A.,pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ n.° 04.206.050/0001-80, com sede na Avenida Giovanni Gronchi, nº 7143, São Paulo, Estado de São Paulo, CEP: 05724-006.

O que faz pelaspertinentes razões de fato e direito, declinadas a seguir.


I.
DOS FATOS

A Requerente é cliente da operadora de telefonia Requerida, possuindo plano infinity pré-pago, com número móvel: (41)9636-2236, consoante documentação anexa.

Ato contínuo, a Requerente vem suportando prejuízos morais, em razão de falhas reiteradas na prestação de serviços contratados junto a Requerida.

Agindo emdesconformidade com a Lei, a Requerida suspendeu o uso da linha telefônica por parte da Requerente de forma injustificada, sem qualquer notificação ou aviso. Observando-se tratar-se de plano pré-pago.Não obstante, a Requerida informou a Requerente acerca de um “erro interno no sistema da operadora”, o qual ocasionou os danos sofridos.

A falha no sistema noticiada pela Requerida consiste naportabilidade da linha telefônica de titularidade da Requerente a pessoa diversa, incluindo migração para outra operadora.

Todavia, a Requerente entrou em contato com a Requerida em busca de soluçãoquanto a falha da prestação do serviço, contudo tornaram-se infrutíferas todas as tentativas, não restando alternativa a não ser ajuizar a presente demanda a fim de fazer valer seus direitos....