78844640396

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4602 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL
CURSO DE GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA – EAD


Município: Natal
Estado: Rio Grande do Norte
Turma: Pedagogia
Pólo: Natal
Tutor(a): Tatiane Lima de Araujo
Professor(a): Katia Gonçalves dos Santos
Semestre/Ano: 2010/2

BULLYING : VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS1

Francisca Francineide Felix
Renata Mendonça Madruga de SouzaTelles

RESUMO

Este artigo aborda o tema envolvendo a violência escolar, em uma forma peculiar conhecida como bullying. Ele introduz este conceito, caracterizando os agentes envolvidos neste triste fenômeno social. O artigo sugere algumas ações para combater está violenta prática, acreditando na capacidade do ser humano em superar as adversidades da vida.

Palavras-chave: Violência. Escola.Bullying. Resiliência.

INTRODUÇÃO

A finalidade deste artigo é apresentar uma forma peculiar de violência presente nas escolas que é conhecida como Bullying. O objetivo é conhecer este fenômeno social e pesquisar

Artigo apresentado na Disciplina de Estágio Curricular IV ao Curso de Graduação em Pedagogia – EAD, da Universidade Luterana do Brasil, como requisito parcial para conclusãode Curso.
a existência de caminhos que auxiliem pais, professores e aluno a lidar e combater esta forma de violência
A necessidade deste tema surgiu diante da dificuldade de professores e pais identificar esta agressão, muitas vezes silenciosa, e ajudar as vítimas a superar as seqüelas dos maus tratos sofridos pelos agressores, introduzindo neste artigo o conceito de resiliência.
Este trabalhofoi desenvolvido por meio de pesquisa bibliográfica, estudo de artigos e pesquisa de campo realizada na escola particular Núcleo de Ensino Integral e em uma escola da rede pública, mediante entrevistas, com professores, diretores, estudantes que sofreram ou presenciaram o Bullying. O artigo evita mencionar nomes das vítimas e agressores para proteger a identidades das pessoas envolvidas.

ORIGEMDO NOME BULLYING

A palavra Bullying de origem inglesa está sendo adotada em alguns países como o Brasil, para indicar um doentio comportamento social, onde atos covardes de agressão por parte de uma pessoa ou grupo mais forte são cometidos contra pessoas ou pequenos grupos mais fracos. Segundo Melo (2010), o termo bully que significa valentão, deriva de bull que significa touro. Para Calhau(2010, pag 6) “Bullying é um assédio moral, são atos de desprezar, denegrir, violentar, agredir, destruir a estrutura psíquica de outra pessoa sem motivação alguma e de forma repetitiva.”

ONDE ENCONTRAMOS O BULLYING

Surpreendentemente, a prática do Bullying também ocorre entre adultos e em vários locais, como: empresas, clubes, prisões, quartéis, enfim, como fenômeno social, ele ocorre emqualquer grupo de pessoas. Um exemplo muito conhecido e antigo de Bullying ocorreu com o próprio Jesus Cristo. Segundo LUCAS (23.22-23), referindo-se a Pilatos, procurador romano do Ministério Público:
“Então pela terceira vez, lhes perguntou: Que mal fez este? De fato; nada achei contra ele para condená-lo à morte, portanto, depois de o castigar, soltá-lo-ei. Mas eles instalavam com grandesgritos, pedindo que fosse crucificado. E o seu clamor prevaleceu.”
Embora a prática do bullying ocorra em vários locais e há muitos séculos, este artigo irá examinar as peculiaridades deste fenômeno social dentro do ambiente escolar. Por ser um espaço influenciado por vários fatores sociais, onde crianças e jovens buscam a formação de grupos para desenvolver a personalidade, a escola acaba setornando um ambiente propício a esta forma de violência.
Melo (2010, pag.99), demonstra dados coletados da Pesquisa Nacional da Saúde do Escolar (Pense) divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE):

“Segundo os dados da Pense, 30,8% dos alunos afirmaram ter sofrido Bullying alguma vez. Os alunos das escolas privadas citaram o abuso mais vezes (35,9%) do que os de escolas...
tracking img