5W2h

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2002 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Indicadores de sustentabilidade-Uma análise comparativa-RESUMO
Hans Michael van Bellen
-INTRODUÇÃO:
“A reflexão sobre o tema desenvolvimento, juntamente com o aumento da pressão exercida pela antroposfera sobre a ecosfera, levou ao crescimento da consciência sobre os problemas ambientais gerados por padrões de vida incompatíveis com o processo de regeneração do meio ambiente. Essa reflexão,que começa da década de 1970, vai levar ao aparecimento do conceito de desenvolvimento sustentável. Ele preconiza um tipo de desenvolvimento que garanta qualidade de vida para as gerações atuais e futuras sem a destruição da sua base de sustentação, que é o meio ambiente.” P 13
Como o desenvolvimento sustentável pode ser definido e operacionalizado para que seja utilizado como ferramenta paraajustar os rumos que a sociedade vem tomando em relação à sua interação com o meio ambiente natural?
“... existe um vácuo conceitual sobre a mensuração do grau de sustentabilidade do desenvolvimento.... O foco do livro é reconhecer o quadro geral e não as características específicas de uma ou outra ferramenta. Essa é uma das suas limitações, uma vez que as ferramentas selecionadas foramobservadas e comparadas a partir de um modelo de análise previamente definido.”p 16

- CAPÍTULO 1: Crise ecológica: reflexões sobre a relação sociedade e meio ambiente
Os danos esporádicos ao meio ambiente (desastres ambientais) são proporcionalmente menores que os que vêm sendo causados cumulativamente no meio ambiente. A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico estimou os danosambientais acumulados para a Europa em 4% do produto nacional bruto médio de cada país. P 17

A reflexão sobre a crise ecológica moderna ao nível mundial leva ao surgimento de novas alternativas de relacionamento da sociedade contemporânea com seu ambiente, procurando reduzir os impactos que ela produz sobre o meio que a cerca. Utilizando uma base relativamente baixa na entrada de recursos naturais,os sistemas tecnológicos atuais, mais eficientes, são capazes de criar e operar complexas estruturas com alta produtividade.
Entretanto, segundo Moldan e Bilharz (1997) todo o “supersistema”da atual tecnosfera é criticamente dependente da base de recursos naturais da mesma maneira que a mais primitiva civilização da idade da Pedra. Existe uma série de tendências de mudança global, querepresentam os aspectos mais importantes ou relevantes de transformações que Lüdeke e Petschel-Held(1997) denominam síndrome de mudança global ou os vetores que determinam a degradação ambiental. P19
VER OS QUADROS 1 E 2, PÁGINAS 18 E 19
CAPÍTULO 2- A tomada de consciência: dos limites do crescimento até o conceito de desenvolvimento sustentável

“A noção de desenvolvimento sustentável tem sua origemmais remota no debate internacional sobre o conceito de desenvolvimento. Trata-se, na verdade, da história da reavaliação da noção de desenvolvimento predominantemente ligado à ideia de crescimento, até o surgimento do conceito de desenvolvimento sustentável.” P 21

Em 1972 surge o relatório conhecido como The limits to growth, um dos mais conhecidos estudos decorrentes da ação do Clube deRoma ( associação de cientistas políticos e empresários preocupados com as questões globais). Este relatório rompe com a ideia da ausência de limites para a exploração dos recursos da natureza. P21
Em 1973 surge pela primeira vez o termo ecodesenvolvimento, colocado como alternativa da concepção clássica de desenvolvimento.
Em 1974 formula-se a Declaração de Cocoyok, resultado de uma reunião daConferência das Naçoes Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento e do Programa de Meio Ambiente das Nações Unidas que afirma : a explosão populacional é decorrente da absoluta falta de recursos em alguns países; a destruição ambiental também decorre da pobreza e os países desenvolvidos tem uma parcela de culpa nos problemas globais, uma vez que tem um elevado nível de consumo.
Em 1992, numa nova...
tracking img