471816127

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1436 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ
CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS
DEPARTAMENTO DE QUÍMICA
QUÍMICA EXPERIMENTAL I




FRAUDES NO LEITE E DETERMINAÇÃO DA ACIDEZ DO LEITE




MARINGÁ 20/11/2012



INTRODUÇÃO



Iremos apresentar neste trabalho sobre as fraudes no leite, ou seja, determinar a presença de substâncias estranhas no leite, como a presença de acido salicílico, a presença deamido e a presença de acido bórico. ¹
O ácido salicílico é um Beta-hidroxiácido com propriedades esfoliantes e antimicrobianas, o que significa que afina a camada espessada da pele e age evitando a contaminação por bactérias e fungos oportunistas. É um ácido utilizado no tratamento de pele hiperqueratótica, isto é, super espessada, em condições de descamação como: caspa, dermatite seborreica,ictiose, psoríase e acne, problemas que atingem facilmente a ala masculina. É caracterizado ainda por ser um regularizador da oleosidade e também um anti-inflamatório potencial. A grande vantagem deste ácido é que apresenta um bom poder esfoliativo e também uma ação hidratante, cuja característica principal é a capacidade de penetração nos poros ajudando na remoção da camada queratinizada com umaação irritante muito menor que os outros ingredientes.
O amido serve para alterar a densidade do leite diluído. Essa técnica se baseia na propriedade das moléculas de amilose e amilopectina (2 polímeros constituintes do amido) em sofrerem alterações de complexação, com formação de compostos coloridos.
Também mostraremos como determinar a densidade do leite e a acidez total do leite. A composição doleite contém água, proteínas (caseína), lipídios (oleína e palmitina), glicídios (lactose e glicose), sais minerais (NaCl, KCl), vitaminas (A, B1, B2, C, D, E), enzimas (fosfatases e lactases) e gases (CO2 e O2). O leite, com esse alto valor nutritivo, torna-se meio de cultura de micro organismos que agem como germes de fermentação, oxidando a lactose a ácido láctico. Consequentemente, a acidezaumenta e ocorre a precipitação da caseína e, portanto, a acidez do leite. Essa alteração confere um sabor ácido ao leite, tornando-o impróprio para o consumo. ²
A acidez do leite segundo a legislação deve estar entre os valores 0,15 – 0,20%. Para determinação da acidez real do leite, foi realizada uma titulação que utilizou como solução padrão NaOH (0,1M) e indicador fenolftaleína. Assim a basereagirá com o ácido presente em solução no leite, e ao termino da reação ocorrerá mudança de coloração, indicando o ponto final da titulação.²

PROCEDIMENTOS

PRÁTICA 26 A – FRAUDES NO LEITE
- EXPERIMENTO 1: Determinação da presença de ácido salicílico
Materiais:
1- Um tubo de ensaio;
2- Soro
3- Cloreto de ferro III

Métodos:
Primeiramente adicionou-se ao tubo de ensaio quecontém 5mL de soro de 3 a 5 gotas de solução 0,10 M de cloreto de ferro 3, e por fim observou-se a coloração. Em que se foi do rosa até o violeta, houve presença do anion salicilato.

- EXPERIMENTO 2: Determinação da presença do amido
Materiais:
1- Pipeta graduada;
2- Leite
3- Iodo.

Métodos:
Primeiramente, transferiu-se, com o auxilio de uma pipeta graduada, 5mL da amostra de leitepara um tubo de ensaio limpo e seco. Depois, aqueceu o tubo de ensaio em banho-maria por cerca de cinco minutos. Acrescentou ao tubo de ensaio cinco gotas de solução de iodo. Agitou-se e observou-se. O aparecimento da coloração azul, roxa ou quase preta, indica a presença de amido.

- EXPERIMENTO 3: Determinação da presença de ácido bórico
Materiais:
1- Pipeta graduada;
2- Indicadorfenolftaleína;
3- Leite;
4- NaOH;
5- Glicerina.
Métodos:
Primeiramente, transferiu-se, com o auxilio de uma pipeta graduada, 5mL da amostra de leite para um tubo de ensaio limpo e seco. Depois, adicionou-se ao tudo de ensaio 3 gotas de indicador fenolftaleína. Em seguida, adicionou-se 1,5mL de solução 0,1M de NaOH até o aparecimento da coloração levemente rosa. Por fim, adicionou-se...
tracking img