327521520108

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2812 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Fundamentos e Importância da Logística

Introdução

Para entender os conceitos e importância da logística é necessário fazer uma retrospectiva do surgimento e evolução das práticas de comércio, pois a complexidade dessas atividades que tornou indispensável o pensamento logístico.

Vamos entender comércio como a prática de troca de bens ou serviços por dinheiro, ou por qualquer coisaequivalente, monetário ou não (escambo). A prática de comércio permeia às necessidades de consumo, e atender o consumidor é a necessidade básica de qualquer organização.


No início do desenvolvimento moderno do comércio, as mercadorias eram comercializadas diretamente nos postos de troca. Nessa época a moeda ainda estava sem credibilidade suficiente para girar a economia. Essa fase ficou conhecidacomo a fase do escambo (troca), sendo a moeda de troca mais utilizada o “ouro”.

Nesse período o processo logístico era – Adquirir material necessário nos postos de troca – produzir – retornar aos postos para vender os itens. Isso quando não havia encomenda do item. Sendo assim produzido. Época essa que ficou conhecida como a era da produção artesanal.

Características da época: poucacomplexidade em operações – pouca concorrência – poucos itens à disposição. O conceito de logística praticamente não se discutia.

Essa era a imagem de uma operação de distribuição.
[pic]

Na era colonial, os colonizadores tinham que abastecer as regiões colonizadas, as necessidades eram muitas, inúmeros itens para abastecer a região. Nessa época surge os Armazéns Gerais, que tinham regras parafuncionar:

• Comercialização feita somente com dinheiro;
As modalidades de pagamentos não era necessidade, pois quem consumia eram pessoas da região – colônia, quando havia a prática de caderneta, o pagamento era feito a dinheiro;


• Oferta de produtos era estendida a:
o Produtos alimentícios não-perecíveis;
o Ferramentas;
o Roupas;
o Sapatos;• Os Comerciantes encomendavam os itens necessários. O que não era consumido ficava parado nas prateleiras, não havia promoções ou liquidações, muito menos devolver para o fornecedor;
• Não havia variedade de produtos;

Nessa época de pouca estrutura logística como funcionava o processo de aquisição?

Os pedidos dos comerciantes, que vendiam nas vilas, eram feitos através doscaixeiros-viajantes, que iam visitando os pontos de venda em longa distância, que poderiam durar dias ou semanas. Perceba que esse longo período era somente para fazer os pedidos, ainda falta a formalização nos fabricantes e entregas. O que obrigava ter estoques grandes.

Os caixeiros-viajantes organizavam seus pedidos em suas bases e os enviavam para os fornecedores, que providenciavam as remessas.As mercadorias eram encaixotadas e despachadas pela estrada de Ferro. O período entre pedido e recebimento no varejo chegava a ultrapassar um mês.

Parece ser algo inaceitável, mas para uma época em que a escassez de ofertas, principalmente em termos de locais de instalação para venda, e variedade de produtos, esse sistema logística era perfeitamente aceitável.

As conseqüências que essesistema implicava eram inúmeras, tais como:

• Estoque de produtos encalhados;
• Grandes intervalos entre visitas dos caixeiros-viajantes;
• Longo ciclo de pedidos;
• Oscilação nos tempos de distribuição;
• Custos de comercialização elevados;

Relembrando que para a época não eram grandes problemas, era aceitável, pois a competitividade era pequena, não havia outrapossibilidade de aquisição.

Como evolução é uma tendência natural do ser humano, o que antes era aceitável, agora não é mais satisfatório. Os consumidores queriam maior variedade e estilos diferentes para suas roupas – sapatos entre outros produtos.
O grande problema era a interligação entre as áreas distantes das grande cidades, principalmente as zonas rurais. A questão era em como atender com...
tracking img