1808, Resumo, contexto historico e desfecho dos capitulos 1,3,5

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (765 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Naquela época a Europa estava passando por momentos difíceis, nos quais Napoleão tentava governar e destronar os reis e rainhas que não aceitassem suas propostas.
Com mais uma estratégia de vencera Inglaterra, ele propõe o bloqueio continental, que seria o fechamento dos portos europeus, ao comercio britânico. Entre esses países estava Portugal, que aliada à Inglaterra, sofre pressão dogoverno britânico que ameaçou invadir Portugal, deixando – o sem munição e de Napoleão.
Quem governava naquele período era D. João VI que era um príncipe regente, porque seu irmão mais velho e herdeiro dotrono havia morrido de varíola, como sua mãe D Maria I foi declarada insana, D. João teve que assumir. Ele era medroso e inseguro e não sabia quais decisões tomar, aceitou a proposta de sua aliada,fugindo para o Brasil com parte da corte e a família real, deixando o povo português as mínguas e sobre o domínio do temido Napoleão, já que naquela época sem o rei nada funcionava.

O desfecho docapitulo é dado por outra opção que não foi cogitada por D. João, que era aliar-se com a Inglaterra e enfrentar Napoleão, depois veriam que as chances de vitória eram grandes, porém isso nunca seriapensado pelo medroso príncipe, que preferiu fugir, deixando o povo para trás.

O Império Napoleônico reina pela Europa.

A estratégia de fuga para o Brasil foi pensada por reis que governaramPortugal em tempos passados, porém nunca executada, cada vez que a independência do país era ameaçada pelos poderosos vizinhos, vinha à ideia de fugir, que naquele contexto era um bom plano, já que noBrasil havia mais riquezas naturais, mão de obra e maior chance de deter os inimigos.
Foi uma fuga bem analisada, porém com o tempo, pouco planejada, dois grupos foram divididos “o Partido Francês” quedizia para D. João aceitar o bloqueio continental, e o “Partido Inglês”, que optava em apoiar a proposta da Inglaterra e o que acabou convencendo D. João.
Como Napoleão estava pressionando muito...
tracking img