125956580141

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2571 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Vícios de linguagem |
* |
Conceito

Chama-se vício de linguagem ao modo de falar ou escrever que contraria as normas de uma língua. A infração à norma só recebe o nome de vício quando se torna freqüente e habitual na expressão de um indivíduo ou de um grupo.

Os vícios de linguagem mais comuns são:

ARCAÍSMO
Consiste no emprego de palavras ou construções que já caíram em desuso,que pertencem ao passado de língua e não entram mais em seu uso normal.

- Convidou-os mui polidamente a cear. (Folha de São Paulo) (mui = muito)
- Aurélia, que se dirigia ao seu toucador, sentou-se a uma escrivaninha... (José de Alencar)
( toucador = penteadeira)

- Os três dias de nojo tinham passado. (Eça de Queirós) (nojo = pesar, luto)

Muitos arcaísmos são comuns nas falas regionais.O arcaísmo poderá ter finalidade expressiva e, nesse caso, não se constitui num vício.

- ... o roubo só rendera cadeia e pancadas aos pândegos dos ciganos, enquanto Sete-de-Ouros
voltara para a Fazenda de Tampa... (Guimarães Rosa) (pândego = engraçado, alegre)

ANFIBOLOGIA OU AMBIGÜIDADE
Ocorre quando uma mensagem apresenta mais de um sentido. A anfibologia geralmente resulta da disposiçãoinadequada das palavras nas frases.

Encontrei-o preocupado. (Quem estava preocupado: eu ou ele?)
A menina viu o incêndio da loja. (A menina estava na loja e viu o incêndio ou viu a loja incendiarse?)

BARBARISMO

É todo erro que diz respeito à forma da palavra.
a) cacopéia – erro de pronúncia: Forma incorreta
Esteje
Fidagal
Metereologia
Xipófago | Forma correta
esteja
figadalmeteorologia
xifópago |

Quando o erro se deve ao deslocamento do acento tônico, recebe o nome de silabada: Forma incorreta
avaro
íbero
ariete
interim
rubrica | Forma correta
ávaro
ibero
aríete
ínterim
rubrica |

b) cacografia – qualquer erro de grafia: Forma incorreta
encima
em baixo
derrepente
pixe
excessão
magestoso
quizer | Forma correta
em cima
embaixo
de repente
picheexceção
majestoso
quiser |

Os erros de separação silábica também se incluem na cacografia:

Pá – ssa – ro ......... pás – sa – ro (correto)
E – rra – do ........... er – ra – do (correto)
So – sse – go ........ sos – se – go (correto)

c) estrangeirismo – é o emprego de palavras ou expressões estrangeiras ainda não adaptadas
ao idioma nacional:

A divisão de merchandising da RedeGlobo deu um belo presente à Casa dos Artistas. (Maria
Lúcia Rangel)

O exame antidoping obrigatório continua longe do tênis. (Thales de Menezes) Estrangeirismo
bom-tom
costume
salta aos olhos
show
pedigree
entrar de sócio
jogar de goleiro
repetir de ano
enquanto que
ter lugar
tomar a palavra | Forma equivalente em português
educação, boas maneiras
traje, vestido, terno
é claro, éevejante
espetáculo, exibição
raça, linhagem
entrar como sócio
jogar como goleiro
repetir o ano
enquanto
realizar-se
usar da palavra, ter a palavra |

Quando o vocábulo estrangeiro revela-se muito útil ou necessário, tende a adaptar-se à pronúncia e grafia do português. É o que chamamos de “aportuguesamento”.

Veja:

Beef – bife
Basket-ball – basquetebol

Football – futebol
Club –clube
Gaffe – gafe
Goal – gol
Roast-beff – rosbife
Abat-jour – abajur

CACÓFATO

É a palavra ou expressão inconveniente, descabida, ridícula ou obscena que resulta da união de duas palavras ou de partes de palavras vizinhas.

Na vez passada falei com você. (na vespa assada)
Ela tinha muito dinheiro. (é latinha)
Essas palavras saíram da boca dela. (cadela)

COLISÃO

É a seqüência desons consonantais iguais, da qual resulta um efeito acústico desagradável.

Eu não conheço muito bem a sede desse partido no centro...
Sabe, se você se sair satisfatoriamente bem, seremos salvos.

ECO

É a rima em prosa. Constitui-se num defeito quando o texto não é prosa literária.

A reação da população foi de pura emoção.
Na realidade, a subjetividade é uma questão de identidade....
tracking img