1234

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (293 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DISCURSO E TEXTO: DOIS CONCEITOS ESSENCIAIS

Quando consideramos os fatores extralinguísticos associados ao contexto de produção de um texto, percebemos a importância de suaparticipação na construção de sentido, na definição de uma formação ideológica e discursiva.
Como membros de uma sociedade, tomamos contato com a formação discursiva própria do nossogrupo social. Ela se torna a base dos discursos que construímos, mesmo que não tenhamos consciência disso. Por refletir a perspectiva ideológica de um grupo, o discurso é social. Assim,falamos, por exemplo, no discurso dos oprimidos e no discurso da classe dominante.

O termo discurso refere-se ao uso da língua em um contexto específico, ou seja, à relação entreos usos da língua e os fatores extralinguísticos presentes no momento em que esse uso ocorre. Por isso, o discurso é o espaço de materialização das formações ideológicas, sendo porelas determinado. Nesse sentido, pode ser visto como uma abstração, porque corresponde ”voz” de um grupo social.
O texto é um espaço de concretização do discurso. Trata-se sempre deuma manifestação individual, do modo como um sujeito escolhe organizar os elementos de expressão de que dispõe para veicular o discurso do grupo a que pertence.

A RELAÇÃO ENTREDISCURSO E TEXTO

Há uma relação necessária entre discurso e texto, porque todo texto vincula-se a um discurso que lhe deu origem. O modo como um texto específico manifesta
umdeterminado discurso é o que define o seu caráter subjetivo: ele nasce do olhar específico de uma autor, que toma decisões particulares sobre como falar sobre determinados temas.
Aliberdade do autor de uma texto, porém, nunca será total, já que todos os membros de um grupo social expressam , em alguma medida, a formação discursiva que reflete a sua ideologia.
tracking img