12312354845

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 215 (53748 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade regional do cariri-Urca
Centro de ciências humanas-cch
Curso de geografia – I semestre
Disciplina: introdução à geografia
Professor: Marcelo




Fichamento

Livro: por uma geografia nova
Autor: Milton santo






Antonio Dantas de Sousa
Altaneira -2011







Refere. Bibliog. por umageografia nova
Milton santo
Pág. P. Tema: os fundadores: as pretensões
Científicas.

13 01 (...) ela foi muitas vezes utilizada como um meio.
De propaganda nacional ou internacional, uma.
Arma de com bate, entre estados e impérios,
Talvez mais ainda que a história. (...) pelo fato
De ter seus próprios métodos à geografia, mas.
Que nenhuma outraciência, sofreu as influências.
Ideológicas em curso. (...)

13 02 A ideologia encendrada pelo capitalismo quando.
Da sua implantação tinha que ser adequada.
As suas necessidades de expansão nos países.
Centrais e na periferia. (...)

14 03 Diante da marcha triunfante do imperialismo,
Os geógrafos dividiram seus pontos de vista.
(...)

14 05 (...) nascidatardiamente como ciência oficial,
A geografia teve dificuldades para desligar,
Desde o berço dos grandes interesses.

14 06 (...) em todos os países colonizadores houve geógrafos.
Empenhados nessa tarefa readaptada.
Segundo as condições renovadas sob Novos artifícios
(...)
16 12 (...) Griffith Taylor (1947 p.4) se inclui entre os.
Mais típicos “deterministas”. Às vezesele chega

Refere. Bibliog.: por uma geografia nova
Milton santo
Pág. P. Tema: os fundadores: as pretensões científicas

16 12 Mesmo a recusar a inclusão dos fatores culturais
Que afetam o homem no conceito do meio
(...)

16 13 É fato que, ainda nos dias de hoje e mesmo.
Ao de interprete das condições naturais.

17 15 (...) numa influênciaimplícita do meio físico sobre.
Os modelos de distribuição das aglomerações
E as funções econômicas da sociedade. (...)

19 21 Sobre medida para reforçar a ideia de regra o
Como unidade de estudo geográfica.

19 22 (...) as velhas ideias em geografia tem vida longa.
E frequentemente são abandonadas só para
Reaparecerem mascaradas sob outra forma.

20 24 Para ele aexplicação histórica e a explicação
Ecológica são as duas modalidades de explicação
Invocadas por todas as ciências das coisas
Vivas. (...)




Refere. Bibliog.: por uma geografia nova
Milton santo
Pág. P. Tema: os fundadores: as pretensões científicas

22 33 Os segmentos ou classes sócias coligados ou reforçados pelas relações entrepaíses ou regiões
Subdesenvolvidos com os países desenvolvidos
Ter comportamentos diferentes face as
Exigências da vida econômica ou social. (...)

23 38 (...) o fato de que não há antinomia regional é.
Paralelo à falência da geografia regional considerava em termos tradicionais.

24 42 (...) estamos mais interessados na utilização.
Da analogia por um teorizador da geografiaDo que mesmo por argumentos filosóficos.

25 47 (...) é igualmente, absurdo querer edificar as
Ciências do espirito sobre os fundamentos das
Ciências da natureza com a preensão de fazê-las
Exatas.

26 49 É a famosa polêmica entre “deterministas” e
“possibilistas” estes se dizendo alunos de Vidal
De lá blache, arrochando-se o privilégio de incluirá.
Ação do homemcomo um fator a considerar.
E admitindo que os “deterministas” davam
Prioridade aos fatores naturais. (...)

26 51 (...) essa querela serviu apenas para retardar a.
Evolução da geografia; e a noção de possibilíssimo.


Refere. Bibliog.: por uma geografia nova
Milton santo
Pág. P. Tema: os fundadores: as pretensões científicas

26 51 Por...
tracking img