10 Mandamentos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 32 (7873 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A LEI NATURAL, O PECADO E OS DEZ MANDAMENTOS.•.

Este trabalho foi escrito para a finalidade de realização de Estudos Bíblicos a serem ministrados na Escola Bíblica da 1ª. Igreja Evangélica do Cambuci em São Paulo/SP.

O Objetivo é explicar aos alunos, qual a origem do conceito de “pecado”, e fundamenta-se nos conceitos bíblicos de pecaminosidade explicitados nos “Dez Mandamentos”.

Esteestudo rejeita critérios humanos com respeito a “pecado”, de qualquer denominação evangélica, ou de qualquer autor, ou ainda de qualquer autoridade sacerdotal evangélica, limitando-se ao estudo embasado nas Sagradas Escrituras, e não em conceitos humanos.

A ORIGEM DA CONSCIÊNCIA HUMANA.
Gênesis 2 ;15 a 17 - O Senhor Deus colocou o homem no jardim do Éden para cuidar dele e cultivá-lo. E oSenhor Deus ordenou ao homem dizendo: “Coma livremente de qualquer árvore do jardim, mas não coma da árvore da ciência do bem e do mal, porque no dia em que dela comer, certamente morrerás”.
Ao formar o homem, Deus soprou em suas narinas o espírito de vida, e o fez alma vivente, e o homem ao tomar indevidamente do fruto da ciência do bem e do mal, tomou para si então esta ciência, ou melhor,tornou-se com ciência, ou ainda consciente, e por ter o homem esta consciência, lhe foram atribuídos direitos naturais, que são inerentes a esta consciência. A vida, a verdade, a honra, a obediência a Deus, a obediência e respeito aos pais, são alguns destes direitos inerentes à própria natureza.
Como direitos implicam em deveres, então um indivíduo tem o dever de respeitar o direito a propriedade ou aintegridade física do outro, por exemplo. Esta noção de dever está na consciência de cada um e a chamamos Lei Natural, porque ditada pela razão natural e seus ditames são percebidos e reconhecidos pelo homem, mesmo quando privado da luz da revelação escrita de Deus. Sobre isto, o apóstolo Paulo nos deixou registrado em sua carta aos Romanos cap. 2: 14; “Porque os gentios, que não tem Lei, fazemnaturalmente as coisas que são da Lei; não tendo eles Lei, para si mesmos são Lei, os quais mostram a obra da lei escrita em seus corações, testificando juntamente a sua consciência e os seus pensamentos, quer acusando-os, quer defendendo-os”.
Portanto qualquer transgressão desta Lei Natural é o que se constitui em “pecado”, pois a Lei Natural é divina. Isto nos é explicado pelo próprio apóstoloPaulo também em Romanos 2;12, ao distinguir a Lei Mosaica da Lei Natural. “Porque todos os que sem Lei pecaram, sem Lei também perecerão; e todos os que sob a Lei pecaram, pela Lei serão julgados”.
Por outro lado existe a Lei Positiva, que rege o Direito Positivo, e se manifesta através de um decreto do legislador, e pode ser divina se o legislador for Deus (Lei Mosaica, por exemplo), ou humana,se o legislador for um homem ou um grupo de homens (Assembleia Legislativa, por exemplo). Para que uma Lei Positiva seja justa, deverá visar o bem comum, e estar acorde com o Direito Natural, consonante com a Lei Natural. Por isso que nem tudo que tem respaldo na Lei Positiva, é moral.
A Lei Positiva humana é ab-rogável, porque depende da vontade do legislador, cuja obrigação é a de interpretaras circunstâncias e aplicar a Lei de acordo com as exigências do bem comum.
Os “Dez Mandamentos” resumem toda a Lei Positiva Divina no seu aspecto moral, sendo, portanto um compêndio da Lei Natural, lei esta sempre vigente desde a criação do homem, e em qualquer lugar, e grupo social, e em cuja consciência sempre esteve presente.
E como explicitação direta do Direito Natural, e das exigênciasda própria natureza humana, ela é imutável e in-ab-rogável, e será sempre atual pela própria essência da natureza humana.

O pecado existiu antes da Lei Positiva Divina por haver sido uma transgressão da Lei Natural, esculpida na consciência do homem e inerente à sua própria natureza, sendo por isso invariável como a própria natureza humana. Podemos ler na carta do apóstolo Paulo aos Romanos...
tracking img