024170411902

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (291 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
DIFERENÇA NA QUALIDADE DE VIDA ENTRE PRATICANTES E NÃO PRATICANTES DE ATIVIDADES FISICA NA 3ª IDADE.

Quando pensamos em 3ª idade logo vem em mente idosos que não praticam nenhum tipo deexercícios físicos. O sedentarismo entre eles é grande porque nem todos tem informações corretas que os levam para a prática de esporte ou atividades físicas que sejam bem orientadas e feitaadequadamente.
Hoje os idosos não tem informações suficientes ou incentivos que os levem a prática de exercícios físicos, sabemos que com o passar dos anos nossos corpos vai envelhecendo efrequentemente dores musculares irão aparecer podendo assim prejudicar sua qualidade de vida . mas se houver um incentivo e uma estrutura favorável a pratica de esportes sua saúde iraprogredir rapidamente e assim melhorar cada vez mais sua qualidade de vida.
Em (FLEK,1997)8 diz que “a junção do treinamento de força com uma dieta balanceada, se mostrando bastante eficiente paramaximizar o aspecto da saúde e qualidade de vida em indivíduos adultos e idosos”. Ou seja novos estudos vem dizendo que com uma boa alimentação e uma atividade física supervisionada a vidade um idos pode ser bem mais prazerosa podendo assim satisfazer seus desejos, que seu corpo supere sem nenhuma dor que possa vim no presente ou futuro.
Não devemos deixar-lhe pensarem que seucorpo não é capaz de algo,mas sempre impondo um limites. Passando-lhes psicologicamente que a vida continua podendo melhor a cada dia e tirar esse ponto negativo de suas mentes.UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP AGRÁRIAS

NUCLEO DE PRÁTICAS PEDAGOGICAS E DESPORTIVAS

CAMPO GRANDE-MS
MARÇO-2013
EDNILSON MAIDANA NUNES

NUCLEO DE PRÁTICAS PEDAGOGICAS E DESPORTIVASResenha exigida pela profª 1º SEMESTRE-LICENCIATURA. Acadêmico:EDNILSON MAIDANA NUNES;...
tracking img