''Quem ama exerce deus'': manoel de barros e o livro sobre nada, por dra. patricia de vasconcelos-pavas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (576 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
"QUEM AMA EXERCE DEUS": MANOEL DE BARROS E O LIVRO SOBRE NADA
Prof. Dra. Patrícia de Vasconcelos-Pavas

O poeta do pantanal escreve agora a partir do nada. Este é o temacentral de sua última obra, Livro Sobre Nada (1996), publicado pela Editora Record. Mas o que o autor chama de nada? Manoel parte do escritor francês Gustave Flaubert para delimitá-lo (se é que isso épossível): ''[Flaubert] queria o o livro que não tem quase tema e se sustenta só pelo estilo. Mas o nada de meu livro é nada mesmo. É coisa nenhuma por escrito: um alarme para o silêncio.''
A menosque sua obra toda seja uma imensa reflexão sobre o nada, Manoel de Barros parece blefar. Afinal, Livro Sobre Nada aborda os temas e imagens recorrentes, como os pequenos animais, árvores, pedras epersonagens desviantes. A primeira parte, Arte de Infantilizar Formigas, dá mostras de sua preferência pelos seres defeituosos, marginais, como reflete o seguinte trecho: ''Prefiro as linhas tortas,como Deus. Em menino, eu sonhava de ter uma perna mais curta (só pra poder andar torto)''.
Logo no primeiro verso do livro, aparece um traço forte de sua obra: ''As coisas tinham para nós umadesutilidade poética." O autor costuma usar o prefixo ''des'' para acentuar a sua mania/obsessão por limpeza mental, consequentemente, também linguística. Através desse prefixo, Manoel de Barrosexplicita a sua influência zen-budista. Aliás, a influência do Zen também aparece pela eleição dos seres mínimos.

ORIENTALISMO
A leitura oriental da obra de Manoel de Barros, e especialmente do LivroSobre Nada, não se restringe a um ou dois aspectos. Todo o seu processo criativo é inspirado na imagem de Buda sob a forma do redentor da humanidade. Os adeptos chamam essa forma de bodhisattva.
Obodhisattva do seu último livro não elege apenas a compaixão, a imagem do nada é o seu principal atributo. O nada não é o nada ocidental, mas o próprio útero do universo, onde todas as coisas...
tracking img