Ética e relativismo cultural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (795 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO

1INTRODUÇÃO 3

2 DESENVOLVIMENTO 4

3 CONCLUSÃO ..........................................................................................................6

4 REFERENCIAS........................................................................................................7

INTRODUÇÃO

O fato de que o homem vê o mundo através de sua cultura tem como conseqüência do homem achar que o seu modode vida é o mais correto e o mais natural.
O relativismo cultural dos direitos humanos consiste no fato de que cada cultura, com suas crenças e princípios, valoriza e conceitua de forma distinta oque são direitos humanos para a cultura X em relação à cultura Y; a dignidade humana, por exemplo, pode ter um significado diferente para essas duas. É nesse contexto que se encaixa a divisãoUniversalismo x Relativismo cultural.
Ocorre que o universalismo, apesar de proporem bons e relevantes objetivos, acaba por desrespeitar os aspectos específicos de cada cultura. É confuso universaliza-los emum mundo com culturas tão diversificadas.



DESENVOLVIMENTO

Relativismo cultural: é uma ideologia político-social que defende a validade e a riqueza de qualquer sistema culturale nega qualquer valorização moral e ética dos mesmos.
As normas morais estão sempre relacionadas a uma dada sociedade a cultura que nela existe. Desta forma, o que é certo e erradovaria de sociedade para sociedade: Exemplo: a vaca na Índia é um animal sagrado, é um os animais mais respeitados e protegidos dentre todos os animais da Índia, diferentemente de nós Brasileiros. Por issoa nossa moralidade, tais como, nossos vestuários, hábitos alimentares, costumes, religiões, cerimônias de casamento variam de cada sociedade.
O relativista pensa que o bem e o mal, o...
tracking img