Ética protestante e capitalista; teoria da burocracia e tipos de dominação

Páginas: 20 (4852 palavras) Publicado: 5 de outubro de 2011
Ética Protestante e
Capitalista; Teoria da
Burocracia e tipos de
Dominação

Luana Karina - RA: A687FF-7

Ética Protestante e
Capitalista; Teoria da
Burocracia e tipos de
Dominação

Índice

INTRODUÇÃO 4
Biografia 5
Ética protestante 6
Ética Protestante e o Capitalismo 7
A Teoria da Burocracia 9
O criador 9
10
Segundo Weber, a burocracia tem os seguintes princípiosfundamentais: 10
Disfunções da Burocracia: 10
Vantagens: 11
Desvantagens: 11
Tipos de Dominação 11
Dominação Legal 12
Dominação Tradicional 12
Dominação carismática 12
Bibliografia 14
GLOSSÁRIO 15

INTRODUÇÃO

Esse trabalho tem por objetivo apresentar os tipos de dominação que foram estudados por Max Weber. Ele define a dominação como oportunidade de encontrar uma pessoa determinada queesteja pronta a obedecer, pois a dominação se faz necessária para se manter em ordem a sociedade e tudo que gira em torno dela.
Segundo estudos apresentados por Weber, existem três tipos puros de dominação: legal, carismática e tradicional. A dominação legal baseia-se em estatutos que podem ser modificados e criados desde que o mesmo esteja pré-estabelecido. A dominação tradicional é aquela baseadana crença e nos poderes de senhores, onde um manda e o outro obedece e, diferentemente da dominação legal, ela não é baseada na formalidade. Já a dominação carismática é dada em virtude da devoção, e por pessoas que possuem caráter comunitário onde quem manda é o líder e o que obedece é o apóstolo. A dominação não é algo pré-determinado, pois não há como afirmar que quem prepondera hoje não serádominado amanhã. Baseada na obra de Max Weber é possível perceber que o autor faz uma análise entre a ética protestante e o espírito do capitalismo, ou seja, a relação que a religião tinha na vida secular, enfaticamente em aspectos econômicos.
Veremos também a burocracia que é uma forma de organização humana que se baseia na racionalidade, isto é, na adequação dos meios aos objetivos (fins)pretendidos, a fim de garantir a máxima eficiência possível no alcance desses objetivos. As origens da burocracia – como forma de organização humana – remontam à época da Antigüidade, quando o ser humano elaborou e registrou seus primeiros códigos de normatização das relações entre o Estado e as pessoas.
Contudo, a burocracia – tal como existe hoje, teve sua origem nas mudanças religiosasverificadas após o Renascimento. Nesse sentido, salienta Max Weber que o moderno sistema de produção, eminentemente racional e capitalista, não se originou das mudanças tecnológicas nem das relações de propriedade, como afirmava Karl Marx, mas de um novo conjunto de normas sociais morais, às quais denominou "ética protestante": o trabalho duro e árduo, a poupança e o ascetismo que proporcionaram areaplicação das rendas excedentes, em vez de seu dispêndio e consumo em símbolos materiais e improdutivos de vaidade e prestígio.
Weber notou que o capitalismo, a organização burocrática e a ciência moderna constituem três formas de racionalidade que surgiram a partir dessas mudanças religiosas ocorridas inicialmente em países protestantes – como Inglaterra e Holanda – e não em países católicos. Assemelhanças entre o protestantismo e o comportamento capitalista são impressionantes, porquanto essas três formas de racionalidade se apoiaram nas mudanças religiosas.

Biografia

Max Weber viveu no período em que as primeiras disputas sobre a metodologia das ciências sociais começavam a surgir na Europa, sobretudo em seu país, a Alemanha. Filho de uma família de classe média alta, com o paiadvogado, Weber encontrou em sua casa uma atmosfera intelectualmente estimulante. Ainda era criança quando se mudaram para Berlim. Em 1882 foi para a Faculdade de Direito de Heidelberg. Um ano depois transferiu- se para Estrasburgo, onde prestou o serviço militar. Em 1884 reiniciou os estudos universitários, em Göttingen e Berlim, dedicando-se as áreas de economia, história, filosofia e direito....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • etica protestante e oespirito capitalista
  • A ética protestante e o espirito capitalista
  • A ética protestante e o espirito capitalista
  • A etica protestante e o espirito capitalista
  • Ética protestante e o espírito capitalista
  • Ética protestante e o espírito capitalista
  • Ética protestante e o espírito capitalista
  • A ética protestante e o Espírito capitalista

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!