Ética contábil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 35 (8641 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 16 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO

O objetivo deste trabalho é demonstrar aos profissionais da área contábil a importância de se realizar um trabalho de maneira ética, enfatizando que tais práticas podem ser diferenciais no mercado de trabalho. Despertar a atenção dos empresários e daqueles que pretendem seguir a carreira contábil para o fato de que a profissão deve andar lado a lado à ética, pois a mesma indaga sobrequal deve será conduta do contabilista de modo a acrescentar-lhe algo enquanto ser humano aumentando assim sua participação como cidadão junto à sociedade. Sendo assim, princípios como a honestidade e a transparência e jamais devem ser afastadas da conduta profissional.

Palavras-chave: Ética Profissional, Contabilidade, Profissão.




1 INTRODUÇÃO



Tratar de ética é um tantoquanto complexo, pois muitas vezes a tentação é grande: você olha para o lado e vê gente crescendo na empresa após sonegar informações, manipular relatórios, fazer promessas vazias, aceitar presentes de agradecimento entre outros inúmeros exemplos, mas será que compensa? Vale tudo para subir? Será que vale mesmo a pena ser antiético?
A ética é a ciência vinculada ao julgamento deapreciação moral, sobre juízos de valores amarrados À distinção entre o bem o mal. Ela é um valor de primeira grandeza para o profissional. Jamais o contabilista deve abrir mão de certos princípios, como a honestidade, a transparência em seus serviços, além, da boa conduta profissional. O problema é o que fazer para manter tais princípios. É necessário desenvolver uma boa estratégia para garantir amanutenção da ética.
Mas, o que exatamente que dizer ética? É cultivar as chamadas virtudes profissionais: sigilo. Lealdade, coragem, imparcialidade e responsabilidade, por exemplo. Em outras palavras, significa agir de acordo com o conjunto de valores morais da sociedade, que todos nós conhecemos, ou, deveríamos conhecer. Se infringirmos estas regras baseadas nos conceitos do bem e do mal,estamos sendo antiéticos, não havendo meio-termo.
É preciso ser consciente de que, ser ético, está relacionado a obedecer aos seguintes princípios:
• Ser honesto é a conduta que obriga ao respeito e à lealdade para com bens de terceiros. Um profissional comprometido com a ética não se deixa corromper em nenhum ambiente, ainda que seja obrigado a viver e conviver com ele.
• Tercoragem, pois ajuda a reagir às críticas, quando injustas, e se defender dignamente quando está consciente de seu dever. Ajuda a não ter medo de defender a verdade e a justiça, principalmente quando estas forem de real interesse para outrem ou para o bem comum. Ter coragem ainda para tomar decisões indispensáveis e importantes à eficiência do trabalho, sem levar em conta a opinião da maioria.

•Ser humilde, pois só assim o profissional consegue ouvir o que os outros têm a dizer e reconhecer individual é resultado do trabalho em equipe.

• Manter o sigilo é a completa reserva quanto a tudo que se sabe e que lhe é revelado por foca da execução do trabalho.

• Integridade é agir dentro dos seus princípios éticos, seja em momentos de instabilidade financeira, seja na hora deapresentar ótimas soluções.

• Tolerância e flexibilidade, pois um líder deve ouvir as pessoas e avaliar as situações sem preconceitos.
Podemos então, conceituar a ética, como sendo a ciência que estuda a conduta dos seres humanos, analisando os meios utilizados para que a referida conduta se reverta em favor do homem. De acordo do Vasquez (1995, p.12) e ética “é a teoria ou ciência docomportamento moral dos homens em sociedade. Ou seja, é a ciência de uma forma específica de comportamento humano”.
A ética é indispensável ao profissional, porque na ação humana “o fazer” e o “agir” estão interligados. O fazer diz respeito ä competência, a eficiência que todo profissional deve possuir para exercer de bem sua profissão. O agir se refere à conduta do profissional, ao...
tracking img