Ética, alteridade, respeito frente à necessidade das políticas públicas para a efetivação dos direitos humanos no brasil.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1544 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
DANIELA REZENDE FERNANDES DUQUE

PRODUÇÃO DE TEXTO INTERDISCIPLINAR

UNOPAR Teixeira de Freitas 2011

DANIELA REZENDE FERNANDES DUQUE

ÉTICA, ALTERIDADE, RESPEITO FRENTE À NECESSIDADE DAS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS NO BRASIL.

Produção textual interdisciplinar individual apresentada ao curso de Serviço Social da Faculdade Unopar, extensão Teixeira deFreitas, como requisito parcial à obtenção do Título de Bacharel em Serviço Social. Orientadores: Prof.: Gleiton Lima, Giane Albiazzetti, Rosane Malvezzi, Lisneia Lampazzo.

UNOPAR Teixeira de Freitas 2011

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO.........................................................................................................................3 1-DESENVOLVIMENTO 1.1 Ética, alteridade,respeito frente à necessidade das Políticas Públicas para a efetivação dos Direitos Humanos no Brasil............................................................4 CONSIDERAÇÕES FINAIS...................................................................................................8 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS....................................................................................9 INTRODUÇÃO

O presente trabalho discorre sobre a importância dos princípios étnicos para gestão das políticas públicas. Considera a dimensão da ética, alteridade e respeito como valores essenciais nas relações dos homens para entender que a diversidade vai muito além da cor da pele ou da condição social. Questiona a problemática da discriminação e do preconceito em determinados grupos sociais e propõeuma reflexão ética para debater a diversidade como riqueza cultural. E, a partir daí, a gestão pública elaborar seus programas de políticas públicas como meio de inclusão social. O texto discute dentro de um contexto sócio-político que a convivência em sociedade só se torna possível se as diferenças forem respeitadas.

1. DESENVOLVIMENTO

1.1 Ética, alteridade, respeito frente à necessidadedas políticas públicas para a efetivação dos Direitos Humanos no Brasil.

A história da sociedade até aqui pode ser considerada e caracterizada por determinadas formas de acúmulo de capital, já que o sistema capitalista é decorrente das transformações nos processos de reprodução do mesmo. E considerando que a formação dos indivíduos e dos grupos na sociedade capitalista se modifica de tempos emtempos, mas que a sua natureza permanece a mesma, o capitalismo em sua estrutura já é uma formação social excludente que se configura na divisão de classes. Porém, o homem, desde seus primórdios vivendo em grupos ou sociedades, adquiriu distintas culturas, que o diferencia um do outro. E conhecer essa relação, entre indivíduos e sociedade é essencial para garantir sua sobrevivência e a sociedade seperpetuar diante de suas crenças, de seus hábitos e práticas, filosofia de vida, princípios éticos, ou seja, a convivência com respeito às diversidades. Uma reflexão ética muito bem contemplada no texto de Maria Luca Silva Barroco.1 Em seu texto ela discorre sobre a diversidade, hoje, como um tema bastante discutido e relevante dentro da sociedade, seja no campo político ou social. Presente nasdiferentes culturas e raças como a multiplicidade de escolhas, valores, concepções de mundo, crenças, por fim, conclui que a diversidade une determinados grupos sociais distinguindo um dos outros. Mas, que isso não deveria resultar em relações de discriminação ou preconceito. E considera que quando não há o respeito em relação às diferenças no convívio da sociedade vêm à tona as questões de ordemética e política. E, diante disso, que seria preciso discutir e debater a problemática da discriminação e do preconceito em nossas relações sociais: os “nossos” valores sobre tolerância e alteridade dentro de um contexto ético-político mais abrangente.

1

Professora de Ética e Coordenadora do NEPEDH/PUC-SP.

4

Na prática, esse contexto mais abrangente implica na liberdade e na...
tracking img