Áreas de figuras planas confecçao do chapéu de bruxa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4603 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS
INSTITUTO DE MATEMÁTICA ESTATISTICA E
COMPUTAÇÃO CIENTÍFICA

ELIANA FIDELIS RODRIGUES DE CARVALHO
113242

ÁREAS SUPERFÍCIES
E
PLANIFICAÇÕES
DE
UM CONE

CAMPINAS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS
INSTITUTO DE MATEMÁTICA ESTATISTICA E
COMPUTAÇÃO CIENTÍFICA

ELIANA FIDELIS RODRIGUES DE CARVALHO
113242

ÁREAS SUPERFÍCIES
E
PLANIFICAÇÕESDE
UM CONE

Trabalho de conclusão de curso apresenta-
do ao Instituto de Matemática, Estatística e
Computação Científica, UNICAMP, como
requisito parcial para a conclusão do curso
de em especialização em Matemática, sob
orientação do Prof.

CAMPINAS

Autoria: .Eliana Fidelis Rodrigues de Carvalho..

Título: ..Àreas e superfícies de um cone.

||
|Os componentes da banca de avaliação, abaixo listados, |
|consideram este trabalho aprovado. |
| |Nome|Instituição |Assinatura |
|1 | | | |
|2 | | | |
|3 || | |

Data da aprovação: ____ de _____________________ de _______

INTRODUÇÃO

A matemática surgiu de necessidades básicas, em especial da necessidade econômica de contabilizar diversos tipos de objetos. De forma semelhante, a origem da geometria (do grego geo =terra + metria= medida, ou seja,"medir terra") está intimamente ligada à necessidade de melhorar o sistema de arrecadação de impostos de áreas rurais, e foram os antigos egípcios que deram os primeiros passos para o desenvolvimento da disciplina.

Todos os anos o rio Nilo extravasava as margens e inundava o seu delta. A boa notícia era a de que as cheias depositavam nos campos de cultivo lamas aluviais ricasem nutrientes, tornando o delta do Nilo a mais fértil terra do mundo antigo. A má notícia consistia em que o rio destruía as marcas físicas de delimitação entre as possessões de terra. Dessa forma, surgiram daí conflitos entre indivíduos e comunidades sobre o uso dessa terra não delimitada.

A dimensão desses conflitos pode ser apreciada na repercussão que se encontra no Livro dos Mortos do Egito,onde uma pessoa acabada de falecer tem de jurar aos deuses que não enganou o vizinho, roubando-lhe terra. Era um pecado punível com ter o coração comido por uma besta horrível chamada o «devorador». Roubar a terra do vizinho era considerado uma ofensa tão grave como quebrar um juramento ou assassinar alguém. Sem marcos fronteiriços, os agricultores e administradores de templos, palácios e demaisunidades produtivas fundadas na agricultura não tinham referência clara do limite das suas possessões para poderem cultivá-la e pagarem os impostos devidos na medida da sua extensão aos governantes.

Os antigos faraós resolveram passar a nomear funcionários, os agrimensores, cuja tarefa era avaliar os prejuízos das cheias e restabelecer as fronteiras entre as diversas posses. Foi assim quenasceu a geometria. Estes agrimensores, ou esticadores de corda (assim chamados devido aos instrumentos de medida e cordas entrelaçadas concebidas para marcar ângulos retos), acabaram por aprender a determinar as áreas de lotes de terreno dividindo-os em retângulos e triângulos.

Acredita-se em geral que a origem da geometria se situa no Egito, o que é natural, pois, para a construção...
tracking img